Cidadeverde.com
Esporte

Série A Piauiense: A volta do Fluminense após ausência de muitos anos

Imprimir

O Fluminense Esporte Clube foi fundado em 05.01.1949, em substituição à agremiação chamada de Automóvel.  Ainda na fase do amadorismo participou de várias edições do Campeonato Piauiense, embora ausente em algumas temporadas. 

Foto - Acervo - Dídimo de Castro

Em 1963 foi implantado o profissionalismo no Estado e o tricolor chegou lá em 1967. A sua última participação foi em 1977, jogando no Albertão, no maior Campeonato de todos os tempos. O Fluminense sofre 3 goleadas para o River, campeão do ano, por 5 x 1, 4 x 0 e 9 x 2.  

Em algumas jornadas o Tricolor do Belchior contou com jogadores veteranos que haviam feito sucesso em clubes considerados grandes. Lá estiveram Wílson, Valdivino, Jair, Mota, Quinha, Ronaib, Manoel Brasil, Eduardo (goleiro) participando de algumas competições, inclusive na conquista da Taça Teresina de 1976.

Belchior da Silva Barros presidiu o clube durante muitos anos e teve o apoio decisivo do empresário João Claudino Fernandes para manutenção do futebol tricolor.  O velho e apaixonado por futebol Belchior da Silva Barros faleceu em 1975, no Hospital Casa Máter. 

Outros presidentes vieram, mas em 1978 a agremiação deixou o Campeonato Piauiense. Na foto está uma das escalações do Fluminense em pleno Estádio Albertão, na qual aparecem jogadores que fizeram sucesso nos chamados grandes do nosso futebol, como Wílson, Valdivino, Mota e Jair.

Em temporadas dos anos dois mil, o Fluminense voltou aos campos, porém com equipes de base, bancadas pelo empresário João Vicente Claudino e ganhando títulos nas categorias sub-15, sub-18 e sub-20.

É o atual campeão piauiense sub-20 e já esteve em São Paulo representando o futebol do Estado do Piauí na Copa São Paulo.

APRESENTAÇÃO PARA BUSCAR O TÍTULO

O empresário João Vicente Claudino decidiu promover a volta do Fluminense ao Campeonato Piauiense de Profissionais. Inicialmente montou uma boa equipe e ganhou o título da segunda divisão de 2020, em disputa com Tiradentes e Oeirense. 

Fotos - Fluminense Esporte Clube

E agora o grande objetivo é ser campeão de 2021 para conquistar vagas nas competições nacionais.

Nesta quinta-feira (18) aconteceu a apresentação do elenco de jogadores e comissão técnica, em café da manhã no Complexo Esportivo Joca Claudino.

Na oportunidade foram lançados os uniformes a serem usados na temporada, o mascote e o hino.  Tudo mostrou que o Fluminense está voltando realmente para marcar época no futebol piauiense.

O elenco de jogadores é este:

Goleiros – Flávio Henrique, Gabriel, Sebastião e outro Gabriel.

Laterais – Émerson, Madson, Zeca e Hiago.

Zagueiros – Wallyson, Vidal, Maceió, Mateus, David e Moisés.

Volantes – Pedro Dias, João Paulo, Juliano e Murício.

Meias – Álisson, Bismarck, William, Salvino, Rato e Raí.

Atacantes – Eduardo, Gleisinho, Júnior Chicão, Lenílson, Lucas, Camarão, Azulão e Juninho.

COMISSÃO TÉCNICA

Técnico- Wállace Lemos

Auxiliares – Paulo Evaristo e Carlos Alberto Oliveira.

Preparadores físicos – Leandro Medeiro, Caio Igor e Francinélio Ribeiro.

Preparador de goleiros – Higuita.

Fisioterapeuta – Kleuson Júnior.

Médico – Clóvis das Chagas.

Massagistas – Odair José (Marcelinho) e Carlos Abreu (Carlão).

A estreia do Fluminense no Campeonato de 2021 está marcada domingo (21), às 09h00, diante do 4 de Julho no Estádio Ytacoatiara, em Piripiri.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir