Cidadeverde.com
Geral

PRF prendeu uma pessoa por dia, em 2020, por dirigir embriagada

Imprimir

Foto: Divulgação PRF

A Polícia Rodoviária Federal divulgou na manhã desta segunda(01) os números referentes aos esforços de fiscalização de trânsito durante o ano de 2020. Mesmo com a redução de pessoas fiscalizadas, comparadas ao ano anterior, a PRF contabilizou um aumento de 21% no número de pessoas presas por alcoolemia. Foram 361 pessoas presas, quase uma por dia em 2020, por dirigir sob efeito de álcool. 

A quantidade de veículos e pessoas fiscalizadas diminuiu devido aos protocolos de segurança e à redução no fluxo de veículos por causa da pandemia do novo coronavírus, mesmo assim as autuações aumentaram. Foram 63.949 veículos fiscalizados e 74.358 pessoas fiscalizadas. Foram lavrados 86.166 autos de infrações de norte a sul do estado, representando 12% a mais que 2019.                                                                     

Veja números:
- 18.999 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança, se tornando o estado que mais autua por este motivo; 
- 7.879 por ultrapassagem em local proibido; 
- 2.236 por conduzir veículo ou transportar o passageiro sem o cinto de segurança; 
- 7.312 por conduzir sem possuir CNH;
- 139 por dirigir usando telefone celular;
- 30.101 Testes de alcoolemia e lavrados 1.147 autos de infração, resultando em 361 pessoas presas por este motivo. 
 
As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves. Apesar da redução dos números de testes de alcoolemia, a quantidade de pessoas presas por dirigir sob o efeito de álcool em 2020 superou em 21,1% a quantidade em 2019.                                                                  

Com relação à fiscalização de veículos de carga, a PRF realizou diversas operações de combate ao excesso de peso resultando na lavratura de 632 autos de infração e retirando 5.942,5 toneladas de excesso que estavam sendo transportadas em veículos de carga no Piauí, superando os dados de 2019. Essa quantidade de peso excedente daria para encher 396 caminhões de três eixos.                                                                   

A PRF efetuou o recolhimento de 7.415 veículos que estavam sem condições de trafegabilidade ou que estavam com problemas na documentação. Com relação a fiscalização de motocicletas, a PRF no Piauí segue como o estado que mais recolhe motocicletas nos país. 

O trabalho direcionado a esse tipo de veículo é importante, tendo em vista o alto índice de pessoas feridas e mortas que estão na condição de condutor ou passageiro de motocicletas.

A PRF realizou diversas ações educativas durante 2020, tendo em vista uma maior conscientização da sociedade para um trânsito mais seguro. Essas ações resultaram na sensibilização de 3.386 pessoas, sempre observando os protocolos sanitários e no período que antecedeu a pandemia do novo coronavírus.

Todos esses números representam o esforço de fiscalização de cada Policial Rodoviário Federal ao longo de 2020 com o objetivo na preservação de vidas. Ao mesmo tempo, denotam a necessidade de uma maior conscientização por parte dos condutores em seguir, na sua plenitude, as regras de trânsito no estado.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir