Cidadeverde.com
Últimas

Rede Municipal dá início a ano letivo com aulas não presenciais

Imprimir

Foto: Rômulo Piauilino/PMT

Teve início nesta segunda-feira (01), o ano letivo na Rede Municipal de Teresina. Ainda mantendo medidas de distanciamento social contra a disseminação da Covid-19, as 319 unidades de ensino adotaram um calendário letivo com atividades 100% remotas.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semec), serão priorizadas as atividades impressas, distribuídas pelas escolas para cada aluno. Essa é uma estratégia para alcançar o maior número de crianças possível. A internet também será uma aliada de alunos e professores, especialmente com a plataforma MobiFamilia.

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso esteve hoje visitando várias escolas acompanhando o trabalho e atividades, desenvolvidas pelos professores, através da plataforma. “São muitas escolas, mas temos o objetivo de visitar e acompanhar o trabalho de todas. Analisando a qualidade, bem como as dificuldades enfrentadas. Através da busca ativa iremos poder saber como os alunos estão sendo atendidos”, enfatiza o secretário.

Com o início das aulas, no CMEI Joel Mendes, situado no Centro, o planejamento inclui sete horas de interação com os alunos, já que a unidade de ensino é de tempo integral. A diretora Francisca Santos conta que as atividades estão organizadas por turno. “Pela manhã as professoras interagem com suas turmas, e à tarde dão uma atenção especial aos que tiveram dificuldade no acompanhamento”, explica.

A professora Joelma Barbosa, Diretora Adjunta da Escola Nossa Senhora da Paz, zona Sul de Teresina, destaca a importância dos pais de alunos aderirem à MobiFamília. “Essa é uma ferramenta muito útil, que nos permite acompanhar o desempenho das crianças. Este ano vamos trabalhar bastante com o aplicativo, então os pais precisam baixar, atualizar e ficar atento às informações. Além disso, distribuiremos em breve as tarefas impressas e os livros didáticos”, disse a professora.

Para a diretora Nordely Noronha, do CMEI Vila Bandeirante, zona Leste, as expectativas são de um esforço coletivo para superar as dificuldades do ensino em meio à pandemia. “Nos adequamos a um período inusitado e estamos indo bem principalmente pelo apoio dos pais. Nesse novo ano letivo, ajustamos para que os alunos sigam uma rotina parecida com a escola, com tempo certo para cada atividade. Disponibilizamos professores em sistema de plantão para tirar dúvidas das famílias, além de oferecer total apoio afetivo aos pais. Precisamos estar unidos para dar certo”, concluiu Nordely.

Da Redação
[email protected]

Imprimir