Cidadeverde.com
Esporte

Corinthians confirma surto de covid; 8 jogadores infectados

Imprimir

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians confirmou o surto de covid no departamento de futebol. Nesta tarde, o clube recebeu os resultados da segunda rodada de exames com 19 resultados positivos. Ao todo, são oito jogadores e 11 funcionários infectados. Todos já estão afastados das atividades no CT Joaquim Grava e cumprirão isolamento social enquanto são monitorados pelo departamento médico.

Os goleiros Cássio e Guilherme, os laterais Fagner e Fábio Santos, os volantes Gabriel e Ramiro, o zagueiro Raul Gustavo e o atacante Cauê são os jogadores que testaram positivo para covid-19. Os nomes dos colaboradores infectados não foram divulgados pelo clube do Parque São Jorge.

Conforme apurou a reportagem com o Dr. Joaquim Grava (consultor médico do Corinthians), seis dos 19 infectados estiveram nesta terça (2) no Hospital São Luiz, unidade Morumbi, para realizar exames. Fábio Santos e Cauê foram os únicos jogadores do grupo. Os dois fizeram uma tomografia e, logo em seguida, foram liberados.
Pela manhã, o clube havia recebido a primeira leva dos testes para covid-19 e aguardou a contraprova para se pronunciar oficialmente. Com os novos resultados em mãos - todos com resultados positivos -, o Corinthians soltou uma nota oficial.

Leia, na íntegra, a nota divulgada pelo Corinthians:

"Na última segunda-feira (1º), atletas e funcionários do Corinthians realizaram exames para detecção de COVID-19. Os resultados saíram nesta terça (02) e, ao todo, oito jogadores e 11 colaboradores do CT Dr. Joaquim Grava testaram positivo.

Todos foram afastados e seguem isolados sob os cuidados do Departamento Médico do Clube. Apenas alguns dos infectados estão com sintomas e fizeram exames complementares no Hospital São Luiz, unidade Morumbi.

Os atletas que testaram positivos foram:
Goleiros: Cássio e Guilherme
Laterais: Fábio Santos e Fagner
Zagueiro: Raul Gustavo
Meias: Gabriel e Ramiro
Atacante: Cauê

Todos os testes passaram por uma reanálise, nesta terça (02), e os resultados positivos foram mantidos".

Imprimir