Cidadeverde.com
Geral

HGV implanta medida para melhorar segurança do paciente

Imprimir

A partir de agora, todos os pacientes que forem atendidos nos Ambulatórios de Ginecologia, Dermatologia e Pneumologia do Hospital Getúlio Vargas (HGV) serão identificados para o risco de queda. A ação foi implantada pelo Núcleo de Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente e tem como objetivo prevenir qualquer evento adverso ao paciente. A medida já ocorre com pacientes internados e agora vai ser implantada nos ambulatórios também.

Para o diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, a identificação visa evitar que o paciente venha a sofrer qualquer tipo de queda dentro da unidade. “As quedas são eventos que podem causar lesões em pacientes atendidos no hospital. Sua incidência no ambiente hospitalar varia conforme o tipo de pessoa atendida. Idosos, pessoas com distúrbios ao caminhar como falta de equilíbrio, rebaixamento do nível de consciência e em uso de determinados medicamentos estão mais propensos a quedas, assim, a medida visa identificar essas pessoas que tenha risco”, explica o gestor.

Para a coordenadora do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente do HGV, Nirvania Carvalho, a ação vai facilitar para a equipe multidisciplinar identificar o paciente que possui o risco de cair e se machucar dentro do hospital e prevenir esse evento. “Ao identificar, a equipe vai monitorar e implementar medidas para prevenção de quedas em pacientes em atendimento ou internados”, destaca a enfermeira.

“O HGV implanta, a cada dia, medidas para melhorar a segurança e a qualidade do atendimento ao paciente. Para isso, o hospital que é referência em alta complexidade para o estado conta com uma equipe muito competente, atenta a todos os detalhes”, destaca Ítalo Rodrigues, presidente da Fepiserh, entidade que gerencia o Hospital Getúlio Vargas.

Da Redação
[email protected]

Tags: HGVpaciente
Imprimir