Cidadeverde.com
Política

Governo do Estado e Prefeitura acertam compra de 200 mil vacinas para Teresina

Imprimir

Foto: Roberta Aline

O secretário de Governo, Osmar Júnior, confirmou a parceria entre o Governo do Piauí e a Prefeitura de Teresina para a compra de vacinas contra a Covid-19. A parceria foi apresentada ao governador Wellington Dias (PT) pelo vice-prefeito de Teresina, o secretário de Finanças, Robert Rios (PSB). 

Com a parceria, o secretário Robert Rios informou ao Cidadeverde.com que, inicialmente, a previsão é a compra de 200 mil doses, com pagamento dividido entre os poderes executivos municipal e estadual.

Osmar Júnior ressalta que “as vacinas que estejam aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), sendo adquiridas pela Prefeitura de Teresina, o Governo do Estado participará do pagamento das mesmas e considerará a aplicação delas aqui no município de Teresina”.

“O governador topa a parceria, acha que todos os esforços no sentindo de adquirir vacinas são importantes, especialmente porque, até o presente momento, o Ministério da Saúde, que é legalmente o responsável pelo Plano Nacional de Imunização, pela compra e distribuição de vacinas para todo o país, não conseguiu atender a demanda imposta pela atual pandemia”, comenta o secretário de governo. 

Osmar Júnior defende que “todo o esforço nesse momento é válido, necessário, para que se possa ultrapassar essa fase difícil da vida brasileira”. 

Robert Rios acrescenta que as equipes do Governo do Piauí e Prefeitura de Teresina estão reunidas para discutir a compra.  O gestor comenta que o público-alvo obedecerá aos critérios do Ministério da Saúde. 

AstraZeneca

O secretário de desenvolvimento econômico de Teresina, Marcelo Eulálio, participou de uma reunião com representantes da vacina AstraZeneca. Os representantes explicaram como acontece o processo de compra a partir da assinatura do protocolo de intenção. Nesse protocolo, o município apresenta, por exemplo, a quantidade de vacinas que deseja comprar. Feito o protocolo, a empresa tem três dias para responder com mais detalhes do processo de entrega. 

“Feito o contrato, definindo a quantidade que se quer (de doses), a empresa providenciará a entrega no aeroporto internacional mais próximo, no nosso caso, salvo engano, é em Fortaleza. A logística para Teresina é (de responsabilidade) do Município”. 

A empresa também sugeriu a possibilidade de consorcio entre as prefeituras municipais para reduzir os custos logísticos de transporte das vacinas. “É uma sugestão de reunir mais de um município para dividir os custos”, comenta o secretário.  Representantes de prefeituras em outros estados também participaram da reunião.

Sptunik V 

O governador Wellington Dias afirmou em vídeo que a compra de qualquer vacina vai para o Ministério da Saúde e não direto para os estados. O gestor disse que conversou com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o contrato feito pelo Consórcio Nordeste para aquisição de 39 milhões de doses da vacina Sptunik V será assumido pelo Ministério da Saúde para integrar o Plano Nacional de Imunização.

Com isso, as 39 milhões de doses serão distribuídas para todos os estados, aumentando a cobertura vacinal no país. 


Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir