Cidadeverde.com
Esporte

Lacunas, reforços e situação na tabela: Primeiras palavras de Kobayashi no River

Imprimir

Foto: Dantércio Cardoso

Novo técnico do River, Paulinho Kobayashi

O técnico Paulinho Kobayashi, 51 anos, deu sua primeira entrevista coletiva sob o comando do River. Anunciado menos de 24 horas depois da saída de Emanoel Sacramento o treinador chegou à Teresina no domingo (14) e no dia seguinte teve o primeiro contato com atletas e diretoria e optou por uma conversa longa e demorada. Na coletiva não negou que encontra um Galo Carijó frágil e com uma serie de ‘lacunas’ a serem preenchidas, mas também frisou que o trabalho já começou e a buscar por título.
 
“Fico muito feliz em poder estar voltando ao estado do Piauí onde eu tive sucesso nas duas passagens. Eu sei da grandeza do River, sei da responsabilidade do River também e ontem nos já tivemos algumas conversas justamente para ajustar coisas de como eu vejo o River e como é necessário o River estar. Eu vejo que é preciso preencher algumas lacunas, mas vejo também o potencial que tem a camisa do River, o tamanho e a torcida e temos que fazer que o River seja grande na mesma dimensão”, disse Kobayashi. 

Foto: Djalma Lemos

O técnico Paulinho Kobayashi

O técnico frisou a necessidade de trazer reforços de forma imediata, mas sabe que irá esbarrar uma série de dificuldades seja pela falta de calendário atrativo, financeira ou mesmo burocrática já que o River vive uma verdadeira novela com sua atual diretoria. “Eu sei que estamos com dois jogos a mais que os outros times podendo cair de posição, mas o objetivo de tudo isso é recuperar e para isso acontecer requer um pouco mais de tempo, trabalhar, conhecer os jogadores trazer reforços o mais rápido possível e utilizar também o que o River tem de melhor que é todo esse CT. 

No discurso, o técnico não negou a surpresa de como encontra o clube e que apesar da negociação ter acontecido de forma rápida muitas questões foram pontuadas e precisam ser resolvidas de imediato. Com as alterações na tabela, Kobayashi terá pouco tempo de trabalho até o próximo compromisso marcado para o dia 24 de março diante o líder Parnahyba. De cara, o técnico contou que acompanhou os dois últimos jogos e frisou pontos como intensidade e parte física como foco nesses oito dias de trabalho.
 
“Não trabalhamos com nenhum atleta que aqui está e é analisar tudo o mais rápido possível. Do jogo que eu vi percebi que preciso trabalhar um pouquinho mais na parte de intensidade, parte física. Eu não posso marcar um jogo treino, mas terei que fazer isso aqui, testando os atletas no dia-a-dia”, frisou Kobayashi. 

A estreia de Paulinho Kobayashi no River será contra o Parnahyba no dia 24 de março, no Litoral. O jogo é valido pela 7º rodada do Piauiense. 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir