Cidadeverde.com
Economia

Governo do Piauí e Bolsa de Valores apresentam PPP da Transcerrados a investidores nesta quarta-feira (24)

Imprimir

Contrato de concessão da Transcerrados garante mais de R$ 800 milhões de investimentos para esta rodovia chave no agronegócio brasileiro, que deve ter safra recorde esse ano.

Acontece nesta quarta-feira (24), a partir das 16h, o primeiro roadshow da Parceria Público-Privada (PPP) da Rodovia Transcerrados, importante rota de escoamento da produção de grãos da região da MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), a nova fronteira agrícola do país. O evento é organizado pela Bolsa de Valores (B3), com apoio do Governo do Piauí através da Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc), e será realizado na sede da B3 em São Paulo com transmissão pelo site tvb3.com.br.

O formato roadshow se caracteriza como rodada de conversas voltadas para investidores com o objetivo de apresentar novas oportunidades de negócio. O evento desta quarta contará com a participação do governador do Piauí, Wellington Dias, a superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, o diretor executivo da Aprosoja-PI, Rafael Maschio, o diretor de Concessões da empresa Houer, Gustavo Horta Palhares, e o superintendente de Processos Licitatórios da B3, Guilherme Peixoto.

A Transcerrados, que compreende as rodovias PI-397 e PI-262 (estrada da Palestina), é importante para o escoamento de soja e outros grãos produzidos na MATOPIBA, território que reúne os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, considerada a nova fronteira agrícola nacional. O Brasil deve registrar, em 2021, safra recorde de grãos segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a previsão, o país deve produzir 262,2 milhões de toneladas, resultado 3,2% superior ao registrado no ano anterior.

A empresa vencedora da licitação da Transcerrados ficará responsável pelos serviços públicos de conservação, recuperação, construção, manutenção, implantação de melhorias e operação da rodovia, uma área com extensão de 276,8 km que abrange 25 municípios da região. O contrato de concessão será de 30 anos e a previsão é de investimentos superiores a R$ 800 milhões.

Da Redação
[email protected]

Imprimir