Cidadeverde.com
Geral

Piauí tem kit intubação para até 20 dias e situação é de normalidade, diz secretário

Imprimir

A possibilidade de falta de oxigênio e do kit intubação, composto por medicamentos essenciais para o tratamento de pacientes graves, inclusive com a Covid-19, é motivo de preocupação e alerta em todo o país, uma vez que, ambos são imprescindíveis para salvar vidas. Segundo o secretário estadual de saúde, Florentino Neto, o estoque de remédios no Piauí é suficiente para os próximos 20 dias e a situação, segundo ele, é de normalidade. 

"Temos uma a situação de normalidade e um estoque para 15 ou 20 dias. Estamos em contato permanente com o Ministério  para recebermos mais medicamentos em razão da requisição administrativa feita pelo Ministério, da mesma forma que estamos em contato com os nossos fornecedores para o reabastecimento regular deste medicamento", destaca o secretário.

Por meio de um vídeo, Florentino Neto também se manifestou sobre a logistíca montada para que não falte oxigênio nos hospitais do estado. 

"Fizemos e executamos um plano de contingência que permitiu que colocássemos reservatório de oxigênio onde não tinha e aumentar a capacidade dos reservatórios onde já existiam. Dessa forma, hospital como o de Piripiri, nós aumentamos a capacidade do reservatório; no hospital de Luzilândia, nós implantamos um reservatório, só para dar dois exemplos", disse gestor. 

Para o secretário, a situação em relação ao estoque de oxigênio no Piauí também é de normalidade.

"No entanto, estamos atentos aos hospitais de pequeno porte, admnistrados pelos municípios. Estamos fazendo um monitoramento, verificando qualquer situação mais crítica para que também possamos prestar apoio", reitera Florentino Neto. 


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir