Cidadeverde.com
Política

Governadores do Nordeste repudiam ataques de Bolsonaro ao ministro Barroso

Imprimir

Foto: Roberta Aline

Os governadores do Consórcio Nordeste assinaram e divulgaram uma nota de repúdio ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (09), diante dos ataques envolvendo o Supremo Tribunal Federal (STF), em especial ao ministro Luís Roberto Barroso, sobre a decisão de instalar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado Federal. 

A nota é assinada pelo presidente do Consórcio Nordeste, o governador do Piauí, Welington Dias, acompanhado dos demais governadores dos estados do Nordeste. No documento, os chefes do Executivo local ressaltam que também são vítimas recorrentes de ataques injustificáveis promovidos por Jair Bolsonaro. 

“Nós, governadores do Nordeste, vítimas recorrentes de ataques injustificáveis promovidos pelo Presidente da República, vimos tornar público o nosso repúdio à sua mais nova agressão, que agora escolhe também o Ministro Luís Roberto Barroso e o Supremo Tribunal Federal como alvos da sua postura virulenta e destrutiva”. 

A nota ressalta que “é absolutamente inaceitável ver o nosso país enfrentar uma crise tão profunda, que tem provocado tantas perdas, em meio à insana tentativa de criar falsas guerras, sem argumentos, apenas falácias e acusações vazias, além de destemperadas”. 

Os governadores defendem que o “país precisa de uma ação coordenada e solidária, não de omissões e desorientações. Não se pode jogar com a vida, fazer dela objeto de meros discursos em busca de isenção. O Brasil merece e exige respeito”. 

O Presidente da República, Jair Bolsonaro publicou um vídeo, na manhã de sexta-feira (9), nas redes sociais em que comenta a decisão do ministro Barroso, do STF, com apoiadores. "Pelo que me parece, falta coragem moral para o Barroso e sobra ativismo judicial", disse. "Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política", completou.

O ministro Luís Roberto Barroso rebateu a afirmação do presidente Bolsonaro de que sua decisão de mandar instalar a CPI da Covid foi política. O magistrado afirma que seu entendimento se baseou na jurisprudência do Supremo e que consultou todos os colegas antes de tomar a decisão.

"Na minha decisão, limitei-me a aplicar o que está previsto na Constituição, na linha de pacífica jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, e após consultar todos os ministros. Cumpro a Constituição e desempenho o meu papel com seriedade, educação e serenidade. Não penso em mudar", afirma o ministro. 

 

 

 


 

NOTA OFICIAL

Nós, governadores do Nordeste, vítimas recorrentes de ataques injustificáveis promovidos pelo Presidente da República, vimos tornar público o nosso repúdio à sua mais nova agressão, que agora escolhe também o Ministro Luís Roberto Barroso e o Supremo Tribunal Federal como alvos da sua postura virulenta e destrutiva.

É absolutamente inaceitável ver o nosso país enfrentar uma crise tão profunda, que tem provocado tantas perdas, em meio à insana tentativa de criar falsas guerras, sem argumentos, apenas falácias e acusações vazias, além de destemperadas.

A nossa luta é pela vida e a superação de um quadro gravíssimo, que vem se transformando em tragédia. Não pode existir outro foco que não seja a união de esforços em
torno de soluções.

O país precisa de uma ação coordenada e solidária, não de omissões e desorientações.

O Brasil precisa dos cuidados, da ciência, da orientação correta, da vacina. Infelizmente, enquanto lutamos para imunizar as pessoas, não estamos imunes ao descontrole e à inação de quem lidera o governo federal, diariamente fomentando e acentuando novas crises, sem foco
na principal: a pandemia.

Não se pode jogar com a vida, fazer dela objeto de meros discursos em busca de isenção.

O Brasil merece e exige respeito.

Nordeste do Brasil, 09 de abril de 2021.

WELLINGTON DIAS
Presidente do Consórcio Nordeste
Governador do Estado do Piauí

RENAN CALHEIROS FILHO
Governador do Estado de Alagoas

RUI COSTA
Governador do Estado da Bahia

CAMILO SANTANA
Governador do Estado do Ceará

FLÁVIO DINO
Governador do Estado do Maranhão

JOÃO AZEVEDO
Governador do Estado da Paraíba

PAULO CÂMARA
Governador do Estado de Pernambuco

FÁTIMA BEZERRA
Governadora do Estado do Rio Grande do Norte

BELIVALDO CHAGAS
Governador do Estado de Sergipe


Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste
– Consórcio Nordeste –

 

Carlienne Carpaso (com informações da Folhapress)
[email protected] 

Imprimir