Cidadeverde.com
Cidades

Após aumento de casos graves de Covid-19, prefeito fecha bares por 15 dias

Imprimir

O prefeito de Curimatá, Valdecir Junior, informou que vai baixar decreto proibindo a abertura de bares ao público no município. A cidade, que fica 775 Km de Teresina, tem registrado o aumento de casos graves de Covid-19. 

De acordo com o prefeito, de hoje (21) até 5 de maio, bares e depósitos de bebidas só poderão funcionar na modalidade delivery. A prefeitura classifica a situação epidemiológica no município como “crítica” e afirma que pacientes estão dando entrada no hospital local já com sintomas graves. 

“Vamos adotar medidas mais rigorosas e de hoje até 5 de maio  bares e depósitos de bebidas só funcionarão em Delivery. Os pacientes estão chegando no Hospital  Estadual Júlio Borges de Macêdo com sintomas graves Hospital Estadual Júlio Borges de Macêdo , com falta de ar, saturação abaixo de 80”, disse o prefeito Valdecir  Junior, que crê que as pessoas possam estar sendo contaminadas com uma nova variante do coronavírus.

Na última sexta-feira (16) o Centro de Testagem de Covid-19 teve de ser interditado após 10 dos 21 funcionários do local testarem positivo para a doença. Os testes no município estão sendo realizados em uma escola temporariamente.

Ontem (19) profissionais da Saúde e outros servidores do município realizaram uma manifestação no entorno do Hospital  Estadual Júlio Borges de Macêdo pedindo conscientização sobre a Covid-19. 

Curimatá acumula 565 casos de Covid-19 e 11 óbitos pela doença. 


Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir