Cidadeverde.com
Esporte

Desafio EuroLampions; Melhores da Copa do Nordeste X clubes da Europa

Imprimir

Foto: Divulgação 

Na manhã desta terça-feira (11) a parceria entre Brahma e Copa do Nordeste encerrou o mistério em torno da Eurolampions. O desafio que pretende colocar frente a frente uma Seleção formada por jogadores que atuam no Nordeste contra um time Europeu. O desafio ainda não tem data para acontecer ou mesmo clube europeu que irá participar, mas a intenção é dar sequencia ao grande sucesso da Copa do Nordeste, que no final de semana sagrou o Bahia tetracampeão e seguir dando visibilidade à região nordestina. 

‘A intenção é formar uma seleção com atletas que atuam no futebol nordestino para desafiar um grande clube europeu, qual deles? Ainda não sabemos, pois estamos aguardando o retorno deles. Mandamos cartas convites explicando o desafio, a tradição do Nordeste e todo esse contexto para vários clubes e estamos esperando quem irá aceitar. Pensem em um top 10 clubes europeus, todos receberam a carta’, explicou o Gerente Nacional de Marketing da Ambev, Felipe Balota. 

O desafio tem como consultor e teve a presença virtual do lateral supercampeão e nordestino Daniel Alves. Que participa do projeto como uma espécie de intermediador entre Nordeste e Europa. 

Foto: Divulgação 

De acordo com o gerente da multinacional serão utilizados critérios técnicos para definição dos atletas que irão disputar o desafio e também para a escolha do técnico que irá comandar essa seleção nordestina. Com relação a data e formato desse desafio ainda não existe definição por dois motivos – pandemia de Covid-19 e conhecer qual clube de fora irá aceitar participar. 

‘A única certeza é que queremos fazer isso em um cenário melhor do que estamos atualmente em relação à pandemia, e ainda não pensamos formato, mas como não é uma competição e sim apenas um desafio, uma espécie de jogo amistoso, no máximo terá dois jogos. Fazer um jogo aqui no Brasil seria muito interessante, mas sabemos que vai depender de muita coisa e que o cenário da Europa está bem mais evoluído que o nosso quando o assunto é pandemia’, acrescentou Felipe. 

O principal objetivo do desafio é seguir valorizando a região nordeste que tem hoje a Copa do Nordeste, ou melhor, a Lampions como principal produto e grande atrativo do primeiro semestre do calendário nacional. A intenção é estender esse sucesso para fora do país. Novas informações a respeito do andamento do desafio devem ser divulgadas nas próximas semanas.

 

 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir