Cidadeverde.com
Geral

Operação notifica 30 estabelecimentos com festas clandestinas em Teresina; veja flagrantes

Imprimir

Foto: Divulgação/ Vigilância Sanitária 

Somente nos 10 primeiros dias do mês de maio, 30 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, foram notificados e 10 autuados pela Gerência de Vigilância Sanitária de Teresina (Gevisa) após descumprirem as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Entre as principais irregularidades verificadas estão a ausência do uso de máscaras por funcionários, aglomeração de pessoas e funcionamento após o horário permitido.

As fiscalizações, que acontecem em parceria com a Polícia Militar, têm como objetivo garantir o cumprimento dos decretos da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado que tratam sobre as restrições e medidas de controle da pandemia. 

De acordo com a gerente da Vigilância Sanitária municipal, Larisse Portela, caso seja a primeira vez que o estabelecimento descumpre algum protocolo sanitário, o estabelecimento recebe uma notificação. Em caso de reincidência, ou de grau de risco avaliado como alto, o estabelecimento é prontamente autuado. 

Ainda de acordo com a gerente, apesar do número de notificações, o balanço dos trabalhos de fiscalização é considerado positivo. "Agora, a gente conta com maioria dos estabelecimentos colaborando em relação a isso, embora ainda recebamos denúncias de aglomeração, locais com pessoas dançando, mas as equipes tem feito um trabalho bem efetivo em relação a isso", destacou Larisse Portela.

A gerente da Vigilância Sanitária Municipal também orienta que a população denuncie a ocorrência de eventos com aglomeração e estabelecimentos descumprindo as regras estabelecidas em decreto. 

Foto: Divulgação/ Vigilância Sanitária 

PM  vai continuar fiscalização contra festas clandestinas

O coordenador de operações da Polícia Militar, coronel Raimundo Rodrigues, confirmou que o serviço de inteligência da PM vai continuar monitorando a ocorrência de festas clandestinas em Teresina. As fiscalizações devem continuar sendo realizadas, a exemplo do último final de semana, quando duas festas com aglomeração foram encerradas pela PM na zona rural de Teresina.

"A Polícia não é onipresente, em todos os locais, mas fazemos essa fiscalização rotineiramente. Tem alguns eventos, que são as festas clandestinas, que a inteligência da PM levanta esses dados, e nós focamos nesse local. A gente faz o que é possível e o que chega até a gente, através das informações da população e o que é encontrado nas redes sociais", destacou. 

 

A Polícia Militar também atua junto a gerência da Vigilância Sanitária para garantir o cumprimento dos decretos. 

 

 

 

Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir