Cidadeverde.com
Vida Saudável

Força do pensamento pode ajudar com a dieta

Imprimir

Na busca pela qualidade de vida desejada, perder alguns quilos na balança exige a combinação entre a dieta equilibrada e a prática de atividade física regularmente. Um outro elemento, porém, contribui para a conquista dos resultados desejados: a força do pensamento. Querer, poder e conseguir são os ingredientes que ajudam a emagrecer com o auxílio da programação neurolinguística.


O método tem como premissa a influência da mente no desenvolvimento do corpo. Por isso, a mudança de pensamentos e, consequentemente, atitudes tem relação direta com a perde dos quilos desejados. Afinal, o pensamento é capaz de gerar comportamento.


Detalhes


Mas como colocar isso em prática. De forma simples, basta mudar a forma de pensar. De acordo com os especialistas, estados internos negativos conseguem deixar o metabolismo mais lento, o que compromete a dieta. A partir desse primeiro passo, é possível seguir com mais facilidade uma dieta específica, que deve ser indicada e acompanhada preferencialmente por um médico especializado ou nutricionista.


Em determinadas situações, a vontade de comer é maior que a fome. Muitos acreditam que isso tem relação com comportamentos que desenvolvemos desde a infância, quando os pais nos ensinavam a comer tudo mesmo sem sentir fome.


Através da neurolinguística é possível mudar este e outros comportamentos. Por exemplo, em um momento de tensão é importante substituir o impulso de comer algo fora da dieta determinada por uma atividade que consiga tranquilizar.


Esta troca facilitará a mudança de hábito e auxiliará na manutenção da dieta. O mesmo pode acontecer com a atividade física. O pensamento correto ajudará a manter a rotina de exercícios, conquistando assim uma vida mais saudável.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir