Cidadeverde.com
Esporte

Em amistoso, Tiradentes feminino perde para Sub17 do CAP

Imprimir

Foto: Assessoria Tiradentes

O Tiradentes decidiu realizar um jogo treino no meio da semana como forma de preparação e dar maior ritmo as atletas que tem no sábado (29) contra o Paraíso-TO novo desafio pelo Campeonato Brasileiro Série A2. O técnico André Rocha usou o amistoso contra equipe Sub15 do CAP como teste e aproveitou para usar todas as atletas a disposição no grupo. Ao final do jogo as Tigresas foram derrotadas no estádio Albertão por 2 a 0. 

"Tivemos muita pose de bola, conseguimos fazer uma triangulação que a gente não tinha no meio de campo com a chegada da nova atleta, a Gabi. Usei uma formação mais ofensiva e mesmo sendo o jogo contra garotos e as meninas responderam muito bem. Nesse sentido conseguimos dá outra cara para o time, mas precisa melhorar muito, nessa aproximação de meio campo ao ataque", disse o técnico das Tigresas após o jogo. 

Ao longo do jogo o técnico optou por fazer trocas a cada 30 minutos e assim usou todas as atletas a disposição. O Tiradentes teve baixas, mas também algumas chegadas ao longo dessa semana. Thaina e Valquíria pediram desligamentos por conta de outras propostas, mas três jogadoras que haviam testado positivo para Covid-19 estarão à disposição para essa terceira partida. 

As Tigresas ainda perderam a oportunidade de diminuir o placar com a atacante Ana Maria que desperdiçou uma cobrança de pênalti. A bola tocou a trave e saiu. 

No Brasileiro A2, foram dois jogos – uma derrota elástica para o Fortaleza por 6 a 0 e uma vitória no último final de semana diante as maranhenses do Cefama por 2 a 0, ambos os jogos fora de casa. O primeiro jogo em casa será neste sábado (29) contra o time do Tocantins, às 16h, no Albertão. O Tiradentes quer o acesso, mas a primeira luta é contra o risco de jogar o Brasileiro Série A3 em 2022 e para isso precisa pelo menos avançar até a próxima fase da competição esse ano. 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir