Cidadeverde.com
Geral

Vigilância Sanitária flagra festa junina e autua estabelecimento por aglomeração

Imprimir

Equipes da Vigilância Sanitária monitoravam o cumprimento das medidas sanitárias na zona Leste de Teresina quando flagraram uma festa junina dentro de um estabelecimento privado na Avenida Raul Lopes.  A gerente de Vigilância Sanitária, Larisse Portela, conta que no local ocorreu o “total desrespeito ao que estamos vivenciando” diante da pandemia da Covid-19, com vários hospitais lotados por infectados. Somente nas últimas 24 horas, o Piauí registrou 373 casos de covid-19 e 13 óbitos pela doença. 

“Trata-se de um complexo com vários estabelecimentos. Esse, em específico, não havia sido notificado, mas foi autuado pelo grau de risco. Havia um grande número de pessoas dançando, circulando sem máscara no local, com total desrespeito ao que estamos vivenciando”.

Larisse Portela ressalta que a Vigilância Municipal segue o decreto estadual, do Governo do Piauí, com todas as suas permissões e restrições. 

Sobre o final de semana passado, de 19 a 20 de junho, a gerente avaliou como “tranquilo” no que diz respeito a fiscalização.

“Apenas mais um estabelecimento foi autuado. Também por motivo de dança e aglomeração no local. Fizemos o monitoramento, inclusive, da zona rural. Foi relativamente tranquilo, se não fosse esse total desrespeito desses dois estabelecimentos”.

A gerente destaca que as equipes de vigilância contam com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal durante as fiscalizações.  “Nossas equipes monitoram todas as zonas da cidade com foco ainda maior aos finais de semana”. 

O portal Cidadeverde.com tentou contato com a direção do estabelecimento, mas não teve êxito. O espaço fica aberto para esclarecimento.  

Foto: Divulgação PMPI

Medidas prorrogadas até 27 de junho

O Governo do Piauí prorrogou as medidas restritivas para combater a propagação do coronavírus até o dia 27 de junho (domingo). As atividades que envolvam aglomeração continuam suspensas. Bares e restaurantes poderão funcionar até às 23h ficando vedada a realização de festas e eventos.

O comércio em geral poderá funcionar somente até às 17h e os shoppings centers das 12h às 22h, podendo antecipar para 10h, desde que não ultrapasse nove horas de funcionamento.

O toque de recolher permanece das 24h até às 5h da manhã. Permanece proibida a realização de festas ou eventos em locais em ambientes abertos ou fechados promovidos por entes públicos ou pela iniciativa privada.

VEJA DECRETO! 
 

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir