Cidadeverde.com
Geral

Bombeiros e Equatorial alertam para uso de fogos de artifício nas festas juninas

Imprimir


A major Najra Nunes, do Corpo de Bombeiros, alerta para os cuidados necessários nas brincadeiras com fogos juninos. No vídeo acima, a major explica que “todos os fogos de artifício apresentam riscos na utilização, principalmente por crianças”. Há riscos de queimaduras e explosões. Já a Equatorial Piauí ressalta que os moradores precisam ter cautela porque existem riscos envolvendo a energia elétrica e a instalação da decoração nas casas e nas ruas, podendo interferir na distribuição de energeia e também provocar graves acidentes.

Nunes defende que as crianças e os adolescentes em hipótese alguma podem manusear esses produtos, nem mesmo os mais simples, sem a supervisão de um adulto com habilidade para isso. “Eu mesma presenciei a queimadura de um senhor que estava com uma caixinha de estalinho no bolso; não se sabe exatamente as circunstâncias que derreteu no bolso e ele sofreu queimaduras no tórax. Você pensa que é simples, mas não é. E crianças menores podem ingerir porque eles são pequeninhos. É um grande risco, podendo vir a óbito”, diz.

A major cita que os fogos provocam desde pequenas queimaduras a amputações traumáticas, perda da audição e óbito. Além de provocar incêndios e queimadas na vegetação. 

Nunes conta que as pessoas também precisam observar o local de compra desses produtos, observando o condicionamento correto do produto. É preciso verificar se os pacotes possuem selo do Inmetro e registro de liberação do Exército. Observar e seguir atentamente as instruções de uso do fabricante. 

Foto: Equatorial/Divulgação

 

Fiação Elétrica 

A Equatorial Piauí alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

"Nunca utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede. Lembrando que somente os profissionais da distribuidora estão capacitados para qualquer tipo de intervenção na rede", afirma o Executivo de Segurança da Equatorial Piauí, João Porfírio.

Além dos adereços, outras atividades típicas do período não devem ser feitas nas proximidades da rede elétrica, como soltar fogos de artifício e acender fogueiras. "Os fogos de artifício não devem ser soltos na direção de postes e cabos de energia, pois podem ocasionar prejuízos diretos no fornecimento, bem como acidentes, inclusive fatais", ressalta o Executivo de Segurança.

É necessário, ainda, tomar cuidado com as instalações elétricas, rejeitando, sobretudo, as ligações clandestinas. Além de ser crime, fazer ligação direta na rede da distribuidora prejudica a qualidade do fornecimento, facilita as quedas de energia e expõe todos ao risco de  choques elétricos e incêndios.

Em caso de acidentes, o ideal é isolar o local para que não haja aproximação de pessoas. E enquanto a energia não for desligada, não se deve retirar objetos ou pessoas que estejam em contato com fios. Nesses casos, é preciso acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e a Equatorial, por meio da Central 0800 086 0800.

Fonte: Equatorial Piauí 


Carlienne Carpaso 
[email protected] 

 

Imprimir