Cidadeverde.com
Esporte

Dividido entre PI e MA, velocista João Henrique narra orgulho de ir para Tóquio

Imprimir

Foto: TV Cidade Verde


 
A dedicação de João Henrique Falcão ao atletismo pode ser considerada recente se tratando de um atleta, mas já colhe frutos que impressionam. Estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio no momento é o maior e principal deles. Aos 22 anos, o velocista nascido na capital Teresina, mas que mora e é federado pelo Maranhão estará nos Jogos representando o Brasil no revezamento 4x400m misto. A convocação veio de última hora, após um dos atletas desistir da prova de revezamento para focar somente na prova individual, mas João Henrique se vê preparado para o maior desafio da carreira. 

“O atletismo para mim é tudo. Onde eu me sustento, consigo contribuir com o mínimo dentro de casa, mas a gente está conseguindo ajudar”, disse João Henrique. 

Esse ano João Henrique representou a Seleção Brasileira em algumas competições internacionais e a principal delas foi o Pan-Americano, no Equador, em que entrou nas pistas e junto aos companheiros e companheiras garantiu medalha de prata. Após a ausência de competições devido a pandemia, o ano de 2021 veio para o piauiense/maranhense deslanchar e se tornar um dos ‘pupilos’ do atletismo brasileiro. 

Foto: TV Cidade Verde

“Eu estou conseguindo ir para minha primeira olímpiada. Minha mãe disse que já dou muito orgulho para ela, mas para mim hoje eu posso dizer estou me tornando olímpico e estou muito feliz. É muito importante para mim conseguir representar esses dois estados, pois eu moro em Timon, represento o Maranhão e tenho clubes e pessoas que me apoiam hoje em dia e grato ao Piauí, pois tenho local para treinar em Teresina”, frisou João Henrique. 

A viagem para Tóquio acontece na sexta-feira (16), mas o atleta já embarcou para São Paulo no domingo (11) onde se integra aos outros atletas do ‘Time Brasil’. A prova de revezamento misto 4x400m tem grandes chances de chegar ao pódio. 

O atleta é treinador por Antônio Nilson desde seus primeiros passos dentro das pistas. O técnico responsável por alguns dos principais nomes de destaque na modalidade do Piauí e Maranhão destaca que a convocação de João Henrique era algo esperado. “É um rapaz muito dedicado e cresceu de forma incrível nos últimos anos. A convocação era muito aguardada e é uma felicidade imensurável”, frisou. 

Os Jogos Olímpicos de Tóquio terão início no dia 23 de julho e vai até 8 de agosto. Além de João Henrique Falcão, o Piauí terá Kawan Pereira nos saltos ornamentais nos Jogos. Nas Paralímpiadas o único representante será Luís Carlos Cardoso na paracanoagem. 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir