Cidadeverde.com
Esporte

Seletiva Kart: Palomma fica no top40 e garante nova participação em novembro

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal 

A piloto de kart Palomma Clésia retornou de São Paulo fora do pódio ou de uma colocação de maior destaque dentro da seletiva nacional que aconteceu no último final de semana, mas em compensação com novas histórias e principalmente perspectivas de novas competições ainda na temporada 2021. Como de praxe, Palomma foi  a única mulher na competição representando o Piauí e correu entre os homens. A piloto encerrou os dias de competição na 35ª colocação na classificação geral em meio a mais de 200 pilotos. Após as disputas da seletiva nacional, Palomma se testou em uma competição regional e entre os 25 pilotos, foi a única piloto mulher a subir no pódio terminando a prova em 6° lugar. 

“A minha participação foi ótima, eu acho que até consegui tirar um coelho da cartola, pois todo mundo que pegou os meus karts sofreu mais, pois infelizmente essa parte depende da sorte e somente um dia de prova peguei um kart bom e isso atrapalhou, levei no ‘braço’ como a gente costuma falar. Porém para a Granja Viana eu vou treinar no kart mesmo, e por isso eu vou para São Luís, já que aqui não tem onde treinar”, disse Palomma Clésia.

Palomma Clésia conta que por quatro pontos não conseguiu se garantir nas classificatórias das finais da seletiva. A competição em si só teve duas mulheres competindo.

Apesar de ter ficado pelo caminho quando a seletiva afunilou para fase classificatória, estar no Top 40 lhe garantiu uma pré-inscrição para a competição que acontece no final do ano, no mês de novembro ainda com data a ser definida. Dessa vez a prova acontece no tradicional Kartódromo Granja Viana, em São Paulo.

Foto: Arquivo Pessoal 

Por conta da pandemia os kartódromos para treinamentos que a piauiense Palomma usava para treinar na capital estavam todos fechados e ela optou por apostar nos treinos de musculação, concentração e performance fora do kart, somente no dia 8 de julho, dois dias antes da prova lá em São Paulo teve a oportunidade de treinar dentro do próprio carro.

Para a etapa do final do ano a piloto deve mudar os planos e talvez precise sair do estado para poder realizar seus treinamentos. As cidades de Fortaleza ou Imperatriz-MA podem ser o destino da piauiense em busca de kartodromos para seus treinos. “Vai ser o jeito para poder chegar mais preparada. Minha preparação foi boa, mas essa parte vai me fazer estar mais pronta no final do ano”, frisou.   

O próximo desfio será no mês de novembro, no kartódromo Granja Viana, em São Paulo. 

Foto: Arquivo Pessoal 

O irmão Fábio Jr (3ª colocado) também competiu em SP

De sangue, irmão nas pistas 

Palomma começou a andar de kart por influência do pai, Fábio Clésio, que ainda compete, mas de forma um pouco menos frequente, porém o pai é seu maior incentivador. E o irmão mais novo, Fábio Clésio Junior, 12 anos, se arriscou em uma competição de kart Estadual e conseguiu subir ao pódio na categoria iniciante, ficou com o 3° lugar, e de quebra garantiu vaga na competição que irá acontecer no final deste ano, a seletiva envolvendo pilotos de todas as categorias. 

“No dia seguinte teve um campeonato lá (Em São Paulo) regional e eu participei e cheguei em sexto e meu irmão foi na categoria iniciante e chegou em terceiro e por ter um resultado muito, apesar da categoria ter o nome iniciante era com atletas que treinavam bastante por lá e ele não e ficou em terceiro e no final desse ano vai poder participar também da seletiva, pois já vai ter completado a idade permitida”, explicou Palomma sobre 

 

 


Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir