Cidadeverde.com
Últimas

Expansão do mercado pet abre oportunidades para estudantes de Medicina Veterinária

Imprimir

É inegável a importância do papel do Médico Veterinário para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, por meio dos serviços prestados à sociedade no cuidado com a  saúde e o bem-estar dos animais, na preservação da saúde pública e na  produção de alimentos saudáveis. Afinal, são mais de 80 áreas de atuação que surgiram ao longo dos últimos 50 anos desde quando a profissão foi regulamentada. 

Segundo o último censo 2020, realizado pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária, apenas no intervalo dos últimos quatro anos, cerca de 36 mil novos profissionais chegaram ao mercado de trabalho em um setor que não para de crescer. 

Os dados do censo 2020 apontam um crescimento de 39,3% em clínicas, hospitais, consultórios, ambulatórios e pet shops se comparados às informações da pesquisa de mercado do ano de 2017. 

O Brasil ocupa o 3º lugar no ranking Internacional quando se trata dos maiores mercados para produtores pet, ficando atrás apenas de Estados Unidos e China, de acordo com os dados levantados pela ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para animais de Estimação). Segundo a mesma associação, o país também ocupa o 3º lugar mundial com maior população total de animais de estimação. 

O Reitor do Centro Universitário UniFacid, professor Vinicius Pereira, esclarece que o setor está em plena expansão, com um mercado aberto e repleto de oportunidades para o exercício da profissão, em uma área da saúde que só cresce a cada ano.

De olho no cenário promissor, o UniFacid passa a oferecer em seu portfólio de cursos a graduação em Medicina Veterinária. Referência em ensino superior na região, o Centro Universitário conta com apoio de profissionais com atuação no setor, docentes, mestres e doutores, laboratórios e toda infraestrutura em saúde para garantir uma de formação de qualidade para todos os estudantes de Medicina Veterinária. Existem várias formas de ingresso ao UniFacid, que vão desde o tradicional vestibular, nota do ENEM, transferência e segunda graduação, inclusive com condições especiais de estudo em alguns casos.

Rayssa Carvalho, Coordenadora do Curso de Medicina Veterinária do UniFacid e Doutora em Patologia, afirma que o Centro Universitário está preparado para formar médicos veterinários para o mercado de trabalho, articulando teoria e prática desde o primeiro período e aliando o melhor da graduação presencial com os avanços da tecnologia na era digital. 

“O curso dura 5 anos e preparamos o Médico Veterinário com competências fundamentais para sua atuação profissional, como gestão e responsabilidade técnica, produção, reprodução e melhoramento animal, clínica médica, cirúrgica e diagnóstica de animais, medicina veterinária preventiva, inspeção tecnológica de produtos animais, entre outras habilidades”, destaca Rayssa. 

Onde atua o profissional? 

O Médico Veterinário pode atuar no ramo da produção animal, de alimentos, saúde pública, projetos agropecuários e em clínicas veterinárias. Pode atuar ainda como extensionista rural, fiscal, auditor e inspetor em empresas e órgãos públicos.

 Processo seletivo

Estão abertas as inscrições para o Supervestibular UniFacid, no qual o candidato pode escolher a data para fazer as provas nos dias 23 ou 24 de julho, e com vagas para Medicina Veterinária além diversos cursos da área de Engenharia, Saúde, Direito e Negócios.

O vestibular é gratuito e será realizado mais uma vez de forma remota, atendendo aos protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, com o desempenho na avaliação, o candidato concorre a bolsas que podem chegar a 50% no início dos cursos e de 40% no restante da graduação.

Os interessados devem se inscrever até uma hora antes da prova. Para efetuar a inscrição ou consultar as demais informações sobre as bolsas, basta acessar o site: https://matriculas.unifacid.com.br É importante no momento da prova estar atento à conexão de internet, além de permanecer em um ambiente calmo que facilite a concentração, já que não é possível pausar a avaliação.

Imprimir