Cidadeverde.com
Últimas

Vídeo: capitão da PM ganha homenagem de vizinhos após vencer a Covid

Imprimir

O capitão da Polícia Militar do Piauí, Aristóteles da Grécia e Silva, 65 anos, foi recebido com fogos, balões e cartazes após quase um mês em tratamento contra a Covid-19. A comemoração foi organizada pelos filhos e os vizinhos foram os responsáveis por dar boas-vindas, cada uma da sua porta e de máscara. Ainda fraquinho em decorrência da doença e andando com dificuldades, o militar se emocionou. 

A homenagem ocorreu nesta sexta-feira (16), no bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina. Aristóteles tinha acabado de ter alta e voltava para casa. Sob aplausos e gritos de "guerreiro", ele não segurou as lágrimas. 

"Ele chorou, disse que tem amigos verdadeiros e acreditava que estava recebendo os frutos que plantou com vizinhos e a família. Meu pai é muito querido, quando ele adoeceu fiquei sabendo que ele ajudava várias pessoas com cestas básicas, coisa que nem eu sabia. Ele agradeceu muito as orações e os cartazes. Estamos muito gratos por ele estar aqui. Foi um momento de evolução espiritual pra nós e resumo com uma frase: joelho no chão, jejum e oração", disse a filha Alyne da Grécia. 

A esposa de Aristóteles, Maria Augusta Rocha e Silva, 71 anos, também contraiu a doença e ficou hospitalizada no mesmo período, mas não precisou ser entubada como o capitão.

Foto: arquivo pessoal

"Essa experiência que a gente vivenciou nos fez refletir. No começo, tive medo de perder meu pai, mas depois com joelho no chão e oração, começamos a orar, rezar, fazer preces, vibrações de cura. Me espelhei muito no meu irmão, ele tem uma fé inabalável e sempre acreditou que o papai sairia da UTI, que sairia da entubação. Os primeiros resultados foram negativos, mas a gente sempre se manteve na fé e oração. Com tudo isso que a gente aprendeu, quero externar meu apoio fraterno ao familiares enlutados que não tiveram a oportunidade de ver seu ente querido novamente. Pedir que as famílias possam se cuidar, se proteger e se amar mais. Nossa força vem de um Deus que faz milagres. Gratidão a todas orações, prece", agradeceu a filha.

Ao ser infectado, Aristóteles da Grécia tinha tomado apenas uma dose da vacina.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir