Cidadeverde.com
Geral

Mulher trans suspeita de participar de morte de adolescentes é presa

Imprimir

Foto: Divulgação

Uma mulher trans conhecida como Williane Bolinha, de 21 anos, foi presa na manhã desta quinta-feira(22) em um povoado da zona rural leste de Teresina. Ela é suspeita de envolvimento na morte das adolescentes Maria Eduarda e Joice Ellen, que foram torturadas e obrigadas a cavar a própria cova, em março deste ano durante uma sessão do chamado tribunal do crime em Timon, no Maranhão.

Williane confessou que levou as duas adolescentes em um carro de aplicativo até o parque aliança, local onde ocorreu o crime, mas disse que não sabia que iria ocorrer lá. 

A mulher trans é a sétima pessoa presa por envolvimento no crime. Até o momento, dez pessoas já foram indiciadas por participação, três ainda continuam foragidos.

Foto: Reprodução/Whatsapp

Relembre o caso

Os corpos de Joice Ellen, 15 anos, e Maria Eduarda de 17, foram encontrados em março deste ano, em covas rasas no bairro Parque Aliança, município de Timon. A  investigação indica que as vítimas foram julgadas pelo tribunal do crime de uma facção criminosa.

Os corpos foram desenterrados por policiais militares e do Corpo de Bombeiros depois que a família de uma das vítimas recebeu uma mensagem informando a localização.

 

Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir