Cidadeverde.com
Geral

“Estão recusando a Coronavac devido à fake news”, diz Emanuelle Dias

Imprimir

Foto: Roberta Aline

A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, informou que algumas pessoas estão recusando tomar a vacina Coronavac, devido as fake News (notícias inverídicas). 

“A vacina mais recusada é a Coronavac, devido a informações inverídicas que circulam na rede social”, disse Emanuelle Dias.

As pesquisas confirmam que todos as vacinas disponíveis – AstraZeneca, Coronavac, Pfizer e Janssen – são seguras e eficazes contra a covid-19. 

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) confirmou que 10 pessoas foram punidas e colocadas no fim da fila, por chegar em postos de vacinação querendo escolher marca de imunizantes. 

“Reforçamentos que a melhor vacina é aquela que está disponível no momento. Precisa que as pessoas que estejam contempladas com a vacinação ou por faixa etária ou por grupos prioritários devem tomar a vacina o quanto antes para que a gente tenha o maior número de pessoas vacinadas com a covid. Essa é a forma mais eficaz de prevenção da doença”, disse Emanuelle Dias. 

Desde o início do mês, a pessoa que forem se vacinar contra a Covid-19 e se  recusar a tomar em função da marca, origem ou fabricante do imunizante deverá assinar um termo de desistência e irá para o fim da fila. 

O termo do Prefeitura determina ainda que se a pessoa se recusar a assinar, duas testemunhas poderão comprovar a recusa e o termo de desistência terá validade. A decisão da Fundação Municipal de Saúde (FMS) está de acordo com a recomendação administrativa 29ª PJ Nº 11/2021 do Ministério Público do Piauí.

 


Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir