Cidadeverde.com
Política

Após encontro, Consórcio Nordeste e França definem temas prioritários para investimentos

Imprimir

O Consórcio Nordeste, formado pelos 9 governadores da região, se reuniu nesta quinta-feira (29) com a Embaixada da França, onde ficaram definidos 5 temas prioritários de colaboração entre os estados e o país europeu. Em uma carta publicada após o evento, foram anunciadas parcerias com os franceses na área de energia, meio ambiente, água e saneamento, gestão de resíduos e agricultura familiar. 

Na área de energia, por exemplo, foi discutido um programa de universalização do suprimento de energia, apoio e desenvolvimento da geração de energia com base em fontes renováveis, a expansão da infraestrutura de transmissão e a pesquisa de novas fontes energéticas a exemplo do hidrogênio.

Na plataforma de investimentos foram lembradas questões relativas às finanças sustentáveis, à monetização de ativos ambientais, com especial foco no reflorestamento e proteção dos biomas da região e à captação de recursos para os projetos integradores e estruturantes da Região Nordeste, como de identificação de projetos promissores de concessões de PPPs.

A Embaixada Francesa e os governadores também trataram de ações que contribuam para universalização do abastecimento de água e do acesso ao esgotamento sanitário, ao desenvolvimento das tecnologias sociais de combate à insegurança hídrica e as parcerias público-privadas.

A carta publicada afirma que ações de cooperação serão definidas após consultas aprofundadas sobre todos esses eixos prioritários junto às câmaras temáticas do Consórcio Nordeste. 

Os estados do Nordeste e a França estabeleceram uma cooperação estreita em 29 de julho de 2019, data na qual uma carta de intenções foi assinada pelo ministro da Europa e dos Assuntos Exteriores da França e pelos governadores dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. 

EUA

Nesta sexta, o Fórum dos Governadores terá uma reunião com o representante da Casa Branca, John Kerry, para tratar sobre ações de combate ao desmatamento, incêndios, emissão de gases e proteção ambiental. 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir