Cidadeverde.com
Geral

Trânsito: Teresina registra 18 acidentes e 5 mortes no fim de semana

Imprimir

O fim de semana foi considerado violento no trânsito de Teresina. Da última sexta-feira (30) até este domingo (1) foram registrados 18 acidentes tanto na zona urbana da capital, como na rural. Os dados são da Companhia Independente de Trânsito (CIPTRAN). Em um deste acidentes,âmeras de segurança flagraram um colidindo violentamente em um poste na Avenida Universitária. O condutor não sofreu ferimentos. 

Nos 18 acidentes, 5 pessoas acabaram morrendo. Um deles, onde houve vítima fatal, aconteceu na Avenida Poti Velho, na manhã de ontem. Kássia Caroline, 30 anos, e o namorado trafegavam em uma moto quando colidiram em um poste. Ela morreu no local e o motociclista Josiel da Silva foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Outro acidente também aconteceu na manhã de domingo. Um motociclista morreu ao colidir a moto em um poste na BR-316, próximo ao bairro Promorar, na zona Sul. A capitã Daurivanda, da CIPTRAN, explica que os acidentes foram registrados em todas as zonas da capital e o que número de alto destes registros tem sido recorrente. 

“Sempre tem um número considerável. Temos fiscalizações diárias, abordagens  até mesmo com blitzen. Geralmente esses acidentes são justificados com as condições de pista, imperícias dos condutores, falta de equipamento de segurança.  As causas reais destes acidentes  só a  perícia técnica irá dizer”, disse a capitã. 

BRs têm 106 acidentes
A Polícia Rodoviária Federal no Piauí divulgou na manhã de hoje(02), em âmbito estadual, o balanço preliminar da Operação Férias escolares 2021.

Durante os trinta e dois dias de operação, a PRF contabilizou 106 acidentes, sendo 40 de natureza grave, 93 feridos e 19 óbitos. Se comparado ao mesmo período do ano passado houve redução no número de acidentes, acidentes graves e feridos. O número de mortos sofreu um leve aumento e praticamente não se alterou mesmo com o aumento no fluxo de veículos.
Os dados referentes à fiscalização demonstram que houve um aumento da presença policial, porém a maioria dos acidentes tiveram como causa principal a conduta inadequada de parte dos condutores. As rodovias que ocorreram os acidentes foram as BRs 316 e 343 com 38 acidentes seguido da BR 230 com 09 acidentes

As causas principais dos acidentes apontam para a Falta de Atenção no momento de ingressar na rodovia(16), a Ausência de reação por parte do condutor(14) e Ingestão de Álcool pelo condutor.

A presença ostensiva da PRF nas rodovias deste ano também refletiram maior número de abordados. Um total de 26.267 veículos foram fiscalizados pelos policiais nos dias de operação e 24.272 pessoas foram fiscalizadas. Foram lavrados 6.125 autos de infrações por diversas infrações.

Infrações de Trânsito

Foram lavrados 1.170 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança, 521 por Ultrapassagem em local proibido, 206 por não usar o cinto de segurança, 517 por não possuir habilitação e 424 por estar com a documentação atrasada. Com relação à fiscalização de alcoolemia, foram realizados 487 Testes de alcoolemia e lavrados 72 autos de infração, resultando em 32 pessoas presas por este motivo. As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves.

Combate ao Crime
A PRF também esteve presente em relação às ações de repressão ao crime. Foram 182 pessoas presas por diversos crimes, sendo 32 por Dirigir Sob o efeito de Álcool, 03 por Contrabando e Descaminho, 07 por Tráfico de Drogas, 03 por Crimes ambientais, 07 por Cumprimento de Mandado de Prisão e 37 por Crimes de Trânsito. Foram realizados a apreensão de 100,3 kg de Maconha, 13,1 kg de Cocaína, 966 unidades de anfetaminas, 01 espingarda, 01 pistola, 02 revólveres, 46 unidades de munições, 34 veículos recuperados e 19 adulterados.

 

Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir