Cidadeverde.com
Geral

Aplicativo "Vacina Drive" quer evitar aglomerações em locais de vacinação

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

A Prefeitura de Teresina lançará, no dia 19 de agosto, o aplicativo Vacina Drive. O app tem como objetivo indicar aos teresinenses a situação de lotação nos pontos de vacinação drive-thru contra a Covid-19 e evitar aglomerações. 

O lançamento faz parte das comemorações de 169 anos de Teresina. O assessor técnico da Prodater- Empresa de Processamento de Dados da Prefeitura, Henrique Mendes, adiantou ao Cidadeverde.com que no aplicativo constará registro de quantas pessoas estão na fila do drive-thru no momento, o tempo médio de atendimento e indicação visual dos pontos que estão menos cheios para vacinação.

“O prefeito solicitou esse aplicativo para evitar aglomerações, para que as pessoas acompanhem em tempo real a expectativa de atendimento e procurem os pontos com mais disponibilidade”, conta. 

Ainda de acordo com o assessor técnico da Prodater, cada vez que alguém entrar na fila, seja de carro, moto ou a pé, um servidor da Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrará no sistema do aplicativo e assim será calculado o tempo médio de espera. 

“Os pontos mais vagos estarão de cor verde. O laranja indicará uma espera média e o vermelho indicará que está lotado. O aplicativo vai melhorar a vida do teresinense, evitando que fiquem de ponto em ponto em busca dos mais vagos”, acrescente Henrique Mendes.

Os detalhes do aplicativo estão sendo finalizados entre a Prodater e a FMS.

O presidente da Prodater também reforçou a importância do aplicativo. "Procuramos contribuir com a atual gestão para que a população de Teresina seja contemplada com ações que faciltem seu dia a dia e o aplicativo Vacina Drive irá auxiliar os teresinenses que estão nos postos de drive-thru para vacinação contra a Covid-19, ele irá mostrar como está a situação de lotação no local em que o cidadão deseja se deslocar para tomar a vacina, mostrando o número de pessoas que estão na fila e o tempo em que cada uma leva para ser atendida, além de mostrar também os pontos que estão menos cheios", disse Jobson Filho, presidente da Prodater.

Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir