Cidadeverde.com
Geral

Em três meses, 60 suspeitos de tráfico de drogas foram presos no Piauí

Imprimir

Nos últimos três meses, 60 suspeitos de tráfico de drogas foram presos no Piauí. Os dados são da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) que apontam também para 100 mandados de busca e apreensão cumpridos e mais de 200 kg de drogas apreendidas no mesmo período. 

O coordenador da especializada, delegado Everton Ferrer, explica que a atuação da Depre tem sido em torno dos pequenos, médios e grandes traficantes. 

"A pequena boca de fumo incomoda muito a rua, a comunidade e o papel da população tem sido muito importante no sentido de denunciar. Assim que a gente desativa uma boca de fumo, os usuários migram e, consequentemente, os furtos diminuem, pois são crimes que alimentam a compra desse entorpecente. Também focamos no grande traficante. Recentemente descobrimos um laboratório e passamos a investigar como essa droga entrou aqui, pois ela não brota da terra", explica Ferrer que destaca a integração com outras unidades policiais no combate ao crime. 

O coordenador da Depre destaca que o tráfico de drogas também está relacionado diretamente à atuação das facções criminosas. 

"Essas facções visam o lucro e isso passa diretamente pelo tráfico. Cada apreensão de droga, a gente acaba quebrando o lucro que essas facções teriam e seria usado para compra de armamento, mais drogas, para alimentar a pequena boca e contribuir para o crescimento de outros crimes, disputa de território", destaca o delegado. 


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir