Cidadeverde.com
Política

Em São Paulo, governador diz que “Brasil para poucos” precisa ser combatido

Imprimir

Fotos: Ascom/PT

O governador Wellington Dias (PT) afirmou, durante evento do PT em São Paulo, que a esperança precisa vencer o ódio e que é fundamental combater o projeto do “Brasil para poucos”. 

Wellington Dias discursou no lançamento do livro “Memorial da Verdade”, que trata sobre a luta do ex-presidente Lula para provar sua inocência nos processos da Lava Jato.

“Está em jogo a disputa de classe. Um projeto do Brasil para Todos e o projeto dos que querem um país para poucos”, disse o governador ao participar  presencialmente do evento  na Casa de Portugal, em São Paulo.

Wellington Dias é um dos defensores da pré-candidatura de Lula à presidência da República em 2022. Na próxima terça-feira (17), o ex-presidente estará em Teresina numa caravana pelo Nordeste costurando aliança para as eleições e destacando seu legado no Nordeste.

Para o governador, Lula é um símbolo de resistência, que resgata sua inocência em um momento crucial para o País e para o mundo.

“O Brasil precisa de esperança para vencer o ódio, esperança para vencer o Brasil que no Nordeste a gente classifica que está ficando um bagaço. É preciso voltar a ter confiança e sonhar com um Brasil para todos”.

Ao discursar, o governador disse ainda que a população quer “o nosso Brasil de volta para que sejamos um país soberano e que respeita a Constituição”. 

O evento contou com participação do governador do Maranhão, Flávio Dino, da ex-presidente Dilma Rousseff, da deputada federal Gleisi Hoffmann, dos advogados que defenderam Lula Cristiano Zanin e Valeska Martins.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir