Cidadeverde.com
Últimas

Indústria Solidária distribui 10 mil cestas básicas no Piauí

Imprimir

Foto: Ascom/Fiepi

Uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) e Confederação Nacional da Indústria (CNI), a Indústria Solidária,  adquiriu e está distribuindo 10 mil cestas básicas no Piauí por meio do Serviço Social da Indústria (SESI), sindicatos de indústrias, prefeituras e organizações parceiras. Em Teresina cerca de 2 mil famílias estão sendo beneficiadas e em outras cidades mais 8 mil.

A distribuição está sendo feita para pessoas em situação de vulnerabilidade social, especialmente aquelas que moram onde a fome se agravou com a Pandemia da Covid-19. O programa Indústria Solidária é uma contribuição dos empresários industriais, que desde o início da pandemia tem colaborado em várias frentes.

Nesta quinta-feira (12), o programa Indústria Solidária esteve no Residencial Jacinta Andrade, na comunidade Dandara dos Cocais em parceria com a igreja católica e o Movimento Empreender Piauí (MOVE) e na Vila São Francisco em parceria com a prefeitura de Teresina.

Representando o presidente da FIEPI, Zé Filho, o diretor da instituição, Freitas Neto, falou da sensibilidade dos industriais que apoiaram os esforços para aquisição e distribuição de cestas básicas neste momento.

“O presidente Zé Filho, desde o primeiro momento da pandemia tem mobilizado o SESI, o SENAI e a FIEPI para ajudar com ações em várias frentes, sempre sensível aos problemas das indústrias, mas também da sociedade como um todo”, destaca Freitas Neto.

Na Vila São Francisco a ação do Indústria Solidária contou com a presença do prefeito Dr. Pessoa, que enalteceu a sensibilidade do presidente Zé Filho e sua conexão com os mais humildes.

“Quero agradecer a Deus por ter a oportunidade de contribuir com a sociedade sendo prefeito de Teresina. As questões sociais são prioridades na nossa gestão e o nosso olhar para essa causa será sempre forte e a FIEPI foi essencial para esse projeto. Hoje é o meu aniversário, mas o maior presente é poder ver a alegria no rosto dessas pessoas que estão sendo assistidas pela Prefeitura”, disse Dr. Pessoa.

Da Redação
[email protected]

Imprimir