Cidadeverde.com
Geral

Após caso de racismo, Coren pede mais respeito aos profissionais de Enfermagem

Imprimir

Foto: Ascom/Coren-PI 

O Conselho Regional de Enfermagem do Piaui (Coren-PI) pediu mais respeito em relação aos enfermeiros que atuam na vacinação contra a Covid-19 na capital. Na última sexta-feira (13), foram registrados um caso de racismo e de intimidação contra dois profissionais.

“O que a gente pede para a população nesse momento é que respeite os profissionais de Enfermagem, lá eles estão cumprindo todos os regramentos da Fundação Municipal da Saúde, Ministério da Saúde, então eles não tem qualquer gerência sobre prioridades em vacinação, eles estão lá apenas para executar, gerenciar, coordenar o processo de administração dessa vacina”, destaca o presidente do Coren, Antônio Neto.

Antônio Neto ainda ressaltou que o Coren designou um conselheiro para emitir um parecer de desagravo público e encaminhar a denúncia formalmente ao Ministério Público ao tomar conhecimento das denúncias feitas pelos profisionais. 

“Infelizmente tomamos conhecimento desses fatos absurdos. Imediatamente nós entramos em contato com os profissionais para colocar o Conselho Regional de Enfermagem a disposição e em seguida a gente já designou um conselheiro para emitir um parecer de desagravo público e encaminhar essa denúncia formalmente ao Ministério Público porque é inadmissível que fatos como esse ocorram em pleno século 21”, explica o presidente.

 

 

Rebeca Lima
[email protected]

Imprimir