Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo vence o Vila Nova e se aproxima do G-4 da Série B

Imprimir

O Botafogo venceu o Vila Nova por 3 a 2, neste domingo (22), e está mais próximo do G-4 da Série B. Os gols do Alvinegro foram marcados por Chay, Rafael Navarro e Diego Gonçalves, enquanto Clayton e Rafael Donato diminuíram para o Tigre.

Foto - Vitor Silva - Botafogo

Com o resultado, o Botafogo está em 5º lugar da Série B, com 32 pontos, enquanto o Vila está em 16º, próximo à zona do rebaixamento. A partida, disputada no Estádio Nilton Santos, foi válida pela 20ª rodada da competição.

BOTAFOGO ABRE PLACAR LOGO NO COMEÇO

O Botafogo começou o jogo elétrico, principalmente com o meio-campista Chay. Ele que tentou controlar as jogadas e, aos 3 minutos, aproveitou bom cruzamento de Pedro Castro para mandar de cabeça na direção do gol.

A bola bateu na trave e, em seguida, no goleiro do Vila Nova, depois indo para o fundo da rede. A arbitragem assinalou gol contra de início, mas voltou atrás e creditou a Chay.

SEGUNDO GOL

Com grande domínio dentro de campo, o Botafogo conseguiu ampliar aos 20 minutos do primeiro tempo. Hugo cruzou para Rafael Navarro, que deu um carrinho e empurrou a bola para dentro do gol.

Após o segundo gol, o Botafogo continuou melhor em campo. O Vila Nova não conseguiu construir jogadas de perigo, enquanto o clube carioca chegou ao ataque em mais de uma oportunidade.

DIEGO GONÇALVES CONVERTE PÊNALTI

Embora o Vila Nova tenha começado a segunda etapa com mais intensidade, foi o Botafogo quem passou a dar as cartas do jogo.

Aos 12 minutos, Diego Gonçalves rabiscou dentro da grande área e foi derrubado. O próprio Diego foi para a cobrança e mandou para a rede, sem chances para o goleiro Georgemy.

VILA DIMINUI NA SEQUÊNCIA

O Vila Nova, no entanto, não se acanhou com o resultado adversa. Foi no oportunismo que diminuiu o placar. Em jogada do lado direito do ataque, a bola sobrou dentro da pequena área para Alesson e Clayton, que mandaram para a rede. O último toque foi de Clayton, aos 19 do segundo tempo.

O segundo tempo se mostrou mais igualitário após os gols. Enquanto o Vila Nova investia em jogadas pelas laterais, o Botafogo tentava construir pelo meio de campo. Aos 28 minutos, o Botafogo quase fez mais um, mas o goleiro Georgemy salvou em cima da linha.

GOIANOS FAZEM MAIS UM

O Vila Nova não desistiu e foi recompensado. Aos 46 minutos do segundo tempo, Rafael Donato subiu mais alto do que a defesa do Botafogo, em cobrança de escanteio, e mandou de cabeça com tranquilidade.

A bola morreu na rede do goleiro Diego Loureiro e deu mais força ao Tigre para buscar o empate no fim da partida.

O gol levou o Vila Nova ainda mais para frente, enquanto o Botafogo se acuou na defesa, com todos os jogadores atrás da linha de campo. Faltou ao Tigre, porém, um pouco de sorte.

Aos 50, quase veio o empate, em chute de Dudu, que bateu na trave. 

A bola foi para escanteio e o goleiro Georgemy até foi para a grande área, na tentativa pelo empate. Dois minutos depois, novamente a bola na trave. Kelvin foi de peixinho para a finalização e, mais uma vez, o Vila Nova não comemorou.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir