Cidadeverde.com
Esporte

Branco irá entregar Troféu Dídimo de Castro ao campeão Piauiense sub20

Imprimir

Está quinta-feira (26) será especial. No começo da noite acontece o jogo decisivo para conhecer o novo campeão Piauiense da categoria sub20. A partida será entre River x Fluminense, às 18h, no Lindolfo Monteiro. Ao campeão será entregue o Troféu Dídimo de Castro – homenagem mais que justa ao cronista esportivo que integra o Grupo Cidade Verde e se dedica a décadas ao esporte e em especial futebol piauiense, e quem irá entregar o troféu é o coordenador de base da CBF, Branco, campeão mundial com a Seleção Brasileira no ano de 1994.

Em Teresina e nos estúdios do Jornal do Piauí o atual coordenador falou sobre momentos na capital e revelou que o primeiro título em sua carreira teve o estado envolvido. “Está aqui primeiramente é bom pelo carinho do povo. Esportivamente aqui foi meu primeiro título, pois muita gente não sabe mais antigamente existia o Campeonato Brasileiro de Seleções e a final foi entre Rio Grande Sul e Piauí. Perdemos o primeiro jogo por 2 a 1 e ganhamos o jogo de volta por 3 a 1 e conseguimos o título”, relembrou Branco, ex-jogador da seleção 94.

Foto: Dantércio Carvalho


 
Branco retornou aos trabalhos nas categorias de base da CBF no começo de 2019, mas antes disso teve uma passagem que foi de 2003 a 2007 e atualmente faz questão de frisar o peso e como já é visível o resultado desse trabalho realizado por todo o Brasil, que tenta descobrir talentos ao país, mas principalmente formar cidadãos. Inclusive citou o atleta Rai, emprestado pelo Fluminense-PI para o Bahia e que no último final de semana teve oportunidade de fazer sua estreia no time principal.

“Muito bom jogador inclusive estava observando seus lances de bola parada que é o forte dele e já conhecia o atleta e por aí você que a gente não está de brincadeira. Estamos rodando o Brasil inteiro e todos que tem qualidade estão no radar”, acrescentou Branco. 

Foto: Dantércio Carvalho

O coordenador também fez questão de elogiar o cronista esportivo Dídimo de Castro, homenageado ao levar o nome do Troféu de campeão Piauiense sub20 da temporada. “Parabéns pela sua história, são poucas pessoas que tem uma história como a sua”, frisou. Dídimo esteve em seis edições de Copa do Mundo e uma delas foi a de 1994 nos Estados Unidos, quando o Brasil conquistou o tetracampeonato e relembra detalhes da partida que teve o hoje coordenador, Branco, balançando as redes em cobrança de falta e depois nas disputas de pênaltis. 

“Eu tive oportunidade de estar lá e vi de perto a entrada de Branco naquele jogo dramático e ser uma peça fundamental. Foi um prazer poder acompanhar a seleção encerrar aquele jejum de 24 anos sem ser campeão do mundo”, narrou Dídimo de Castro.

O Troféu Dídimo de Castro será entregue pelas mãos de Branco ao campeão Piauiense sub20. A grande final será hoje (26), às 16h, no Lindolfo, entre River x Fluminense, os dois times são as principais forças atuais na categoria dentro do estado e detêm os últimos títulos da categoria. 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir