Cidadeverde.com
Últimas

Com camisa do Bragantino, Júlia Beatriz é campeã do Brasileiro Feminino A2

Imprimir

Créditos: Cristiane Mattos / Staff Images Woman / CBF

As Bragantinas são as grandes campeãs do Brasileiro Feminino A2. Nesta terça-feira (7), após novo 0 a 0 - mesmo placar da ida -, desta vez no Independência, o Red Bull Bragantino fez 4 a 2 nos pênaltis e garantiu o caneco do torneio de 2021. A goleira Karol Alves defendeu a cobrança de Ilana, enquanto Flávia Gil acertou o travessão. Na última batida, Ariel cobrou com maestria e correu para o abraço. A equipe Paulista surgiu em 2020 anotou o primeiro título ao seu histórico e no elenco uma das peças mais regulares no time da técnica Camila Orlando é a piauiense Júlia Beatriz. 

Assim como no primeiro jogo, as redes do Independência também não balançaram na etapa inicial do segundo e decisivo duelo. Jogando em casa, as Vingadoras do Atlético-MG, no entanto, começaram melhor.

O jogo foi bastante movimentado e com boas oportunidades para os dois lados, mas em especial das atleticanas. Aos 26 minutos da segunda etapa, o Galo até conseguiu colocar a bola nas redes, mas a árbitra assistente indicou que a bola havia saído pela linha de fundo no momento do cruzamento.

Antes do apito final, o Atlético-MG ainda teve uma chance de ouro, no último minuto de jogo, quando Guedes chutou firme, dentro da pequena área, mas parou em grande defesa de Karol Alves.

Na disputa de pênaltis, Ray Coutinho, Lay, Mylena e Arial converteram as cobranças para o Braga. Karol Alves defendeu a bola de Ilana, enquanto Flávia Gil desperdiçou para o Galo ao acertar o travessão de Karol. 

Júlia está na equipe do Braga desde o ano passado e foi uma das apostas do time paulista nesse projeto que apesar de recente já colhe frutos. Antes do título de Brasileiro A2 o a equipe conseguiu chegar até as semifinais do campeonato Paulista. E Júlia sempre figurando entre as titulares da técnica Camila Orlando. Além de Júlia, a também piauiense zagueira Nathyele faz parte do elenco. 

O título veio para coroar a excelente campanha realizada pelo Bragantino na competição, que algumas rodadas havia conquistado o acesso até a elite do futebol brasileiro. 

 


Pâmella Maranhão com informações CBF
[email protected]

Imprimir