Cidadeverde.com
Geral

Cruz Vermelha vai doar auxílio de R$ 300 para mais de 600 famílias do Piauí

Imprimir

Foto: Ascom/Vice-Governadoria

A Cruz Vermelha anunciou nesta sexta-feira (10) a doação de cartões-alimentação para 634 famílias do Piauí. Cada cartão tem o valor de R$ 300, totalizando R$ 190 mil em recursos. Uma reunião com a vice-governadora Regina Sousa tratou da logística para a entrega do benefício.

Um evento será realizado no estado no dia 27 de setembro para a entrega dos cartões. Participaram  representantes das secretarias de Saúde (Sesapi) e Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc).

A vice-governadora e coordenadora do PRO Social, Regina Sousa, informou que, devido à pandemia, é preciso organizar toda a logística para obedecer as medidas sanitárias. Ela elogiou a iniciativa da entidade em ajudar famílias carentes. 

“Toda ajuda é bem-vinda, pois não é sempre que recebemos ajuda humanitária de uma instituição como a Cruz Vermelha Brasileira”, destacou.

A vice-governadora disse que o governo do Estado vai colaborar com a logística da entrega, como o local da distribuição que devido ao número de pessoas beneficiadas, deverá ser descentralizado. Além do cartão-alimentação, a Cruz Vermelha vai distribuir kit de primeiros socorros.

“Além dos trabalhos de segurança alimentar, em um segundo projeto o estado do Piauí irá receber insumos hospitalares como kits de intubação; oxigênio; medicamentos e EPI’s. Todos estes são itens essenciais neste momento de pandemia, e com o recebimento desse material, o estado do Piauí fortalecerá ainda mais seus trabalhos de enfrentamento a Covid-19”, aponta o superintendente de atenção primária a saúde da Sesapi, Herlon Guimarães.

O Secretário de saúde, Florentino Neto, comemorou a inclusão do Piauí nos trabalhos da Cruz Vermelha Brasileira.

“O nosso estado não vem poupando esforços para ter a melhor forma de atender a população nesse momento de pandemia. “Seja com melhorias em toda a nossa rede hospitalar ou com os trabalhos para garantir a chegada da vacina, nós temos trabalhado para assegurar um serviço de qualidade e com esse apoio agora da Cruz Vermelha temos a certeza de que o estado apresentará resultados ainda melhores do que os que já vem atingindo, com a redução de internações e óbitos causados pela pandemia” apontou o secretário.

Da Redação
[email protected]

Imprimir