Cidadeverde.com
Política

Base aliada segue sem acordo a dois dias da eleição do TCE

Imprimir

Foto: Thiago Luis/Alepi

A dois dias da eleição do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a  base aliada do governador Wellington Dias (PT) segue sem acordo na Assembleia Legislativa do Estado. Os quatro deputados governistas, Flora Izabel (PT), Wilson Brandão (Progressistas), Flávio Júnior (PDT) e José Santana (MDB), seguem na disputa.

Na reta final, os parlamentares intensificam as negociações em busca de apoios. Alguns deputados começam a declarar os votos. É o caso de Hélio Isaías (Progressistas), ele pediu afastamento da Secretaria de Transportes, retornou à Assembleia apenas para votar e anunciou voto em José Santana (MDB).

A deputada Flora Izabel (PT) é considerada a favorita. Porém, aliados começam a revelar que o entendimento é que as chances de uma vitória no primeiro turno estariam cada vez mais difíceis. Eles entendem que em um segundo turno, ficaria ainda mais difícil.

Isso porque há nos bastidores a informação de um acordo, ainda não confirmado, entre os  deputados Wilson Brandão (Progressistas), Flávio Júnior (PDT) e José Santana (MDB). Por esse entendimento, quem for para o segundo turno terá o apoio dos outros dois que ficarem de fora da disputa.

Se esse acordo for concretizado, a vitória de Flora ficaria mais difícil. Porém, nenhum dos três parlamentares confirma a aliança. Os aliados de Flora trabalham para enfraquecer essa possibilidade de acordo. 

A união contra a vitória de Flora seria motivada pelo sentimento de que o PT seria o principal beneficiado com a disputa. Mesmo se Flora perder, o partido terá o suplente Warton Lacerda (PT), ocupando a vaga de titular no lugar do parlamentar que assumir a vaga de conselheiro.

Lídia Brito
[email protected] 

Imprimir