Cidadeverde.com
Últimas

Mulher é presa suspeita de ameaçar servidor de divulgar prints em site falso de fofoca

Imprimir

Uma jovem identificada como Keilane da Costa, 20 anos, foi presa em Teresina, suspeita de tentar extorquir um servidor público estadual. A mulher teria ameaçado o homem de expor prints de conversas privadas entre os dois em um falso site de fofoca. 

De acordo com as investigações policiais, Keilane fingiu ser uma pessoa chamada Nayra, e  cobrou R$ 1.500 do servidor público para que o conteúdo não fosse divulgado. Em áudios obtidos pela Polícia Civil, a jovem diz ao homem que se ele não depositasse dinheiro para ela, os prints seriam divulgados.  As ameaças teriam começado na semana passada.

Foto: Roberta Aline

“Essa vítima recebeu informações, uma mensagem de uma pessoa que se dizia chamar Nayra e dizia ter informações a respeito da sua vida privada. A vítima se aterrorizou a ponto de nos procurar para pedir ajuda”, conta o delegado Odilo Sena, do 13º Distrito Policial. A vítima é um servidor público do alto escalão da administração pública direta. 

Nas conversas, "Nayra" diz ao servidor que outra mulher lhe procurou e pagou um dinheiro para que ela publicasse os prints de suas conversas íntimas e que, caso ele cobrisse a “oferta”, as publicações não seriam feitas. 

Leia trecho das ameaças
“Meu amor, deixa eu lhe falar. Eu não posso mandar print da conversa sua com ela porque a pessoa está querendo me pagar para eu postar, entendeu? Ela pediu para eu postar os prints, conversas, tudo no meu site de fofoca. Eu tenho um site de fofoca e eu posto as coisas que a pessoa pede e aí dependendo do que é para postar eu gosto de estar avisando. Ela deu o seu número para mim para eu avisar para você. E aí você vai ver. Se eu aceitar a oferta dela você vai ver no meu site. Mas,  você que sabe. Se você mandar uma oferta maior que a dela eu mando tudo para você aqui e não posto nada”, ameaçou a mulher.

O 13º Distrito Policial continua investigando o caso e não descarta a participação de outras pessoas no esquema de extorsão e de que este golpe tenha feito mais vítimas. 

A jovem presa na tarde de ontem no Parque Poti, zona Sudeste de Teresina, foi encaminhada para a Central de Flagrantes.m 


Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir