Cidadeverde.com
Esporte

Remo vence com gol nos acréscimos e impõe a quarta derrota seguida ao Náutico

Imprimir

Com gol de Jefferson aos 51 minutos do segundo tempo, o Remo venceu o Náutico na noite desta sexta-feira, por 1 a 0, no estádio Baenão, em Belém (PA), na abertura da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi o primeiro confronto do time paraense com torcedores nas arquibancadas.

Foto: Samara Miranda/Remo

Com o resultado, o Remo chegou 37 pontos e aparece na sétima colocação. Já o Náutico amargou a quarta derrota consecutiva e caiu para o décimo lugar, com 35 pontos ganhos. Apesar da distância para o G4, a dupla ainda sonha com a briga pelo acesso

O Náutico ainda não pôde contar com o técnico Hélio dos Anjos no banco. Apesar de contratado para substituir Marcelo Chamusca, ele acompanhou a partida dos camarotes. O time foi dirigido por Marcelo Rocha, auxiliar fixo do clube.

Os 45 minutos iniciais foram bastante movimentados. O Remo tentou impor seu ritmo pelo primeiro gol, enquanto o Náutico, um time mais técnico, priorizou a posse de bola até encontrar espaços na defesa adversária. Apesar disso, os times não tiraram o zero do placar no primeiro tempo.

A primeira boa jogada do Remo saiu aos 27 minutos, quando Victor Andrade tocou para Arthur e ele finalizou forte. Mas o Náutico respondeu na sequência em chute de Matheus Trindade e depois em cobrança de escanteio de Jean Carlos que quase surpreendeu o goleiro Thiago Coelho.

Mas a melhor chance de gol do primeiro tempo foi do Remo. Aos 42 minutos, Alex Alves saiu jogando errado, Raimar deu ótima assistência para Felipe Gedoz e o meia, sem marcação, finalizou para fora. Um lance inacreditável, gerando muita lamentação dos torcedores nas arquibancadas.

No segundo tempo, os times voltaram com uma postura mais ofensiva e deixaram os minutos iniciais atraentes. Logo aos seis, Vinicius tocou para Júnior Tavares e o lateral quase acertou o canto do goleiro do Remo. Já os paraenses assustaram aos 18 em chute forte de Lucas Toncantins.

A reta final do jogo se aproximou e o Remo apostou suas últimas fichas pela vitória. Tocando melhor a bola, os paraenses quase conseguiram marcar. Aos 33, Felipe Gedoz cruzou e Jefferson cabeceou com muito perigo.

O Náutico sentiu a pressão e viu sua situação ficar delicada aos 46 minutos, quando o zagueiro Carlão recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com isso, o Remo seguiu no ataque e encontrou o gol da vitória aos 51. 

Após escanteio da esquerda, Jefferson subiu mais que a marcação e cabeceou para as redes, dando números finais ao confronto. A comemoração foi como uma final de copa do mundo e perto do alambrado, do lado da torcida.

O Remo volta a campo na quinta-feira para enfrentar o Sampaio Corrêa, às 21h30, no estádio Castelão, em São Luís (MA). Enquanto o Náutico jogará contra o CRB na terça-feira, às 19 horas, nos Aflitos, em Recife (PE).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir