Cidadeverde.com
Esporte

CBF atende atletas e desiste de adiar jogos do Brasileirão durante Eliminatórias

Imprimir

A CBF anunciou nesta sexta-feira que não adiará os jogos dos clubes brasileiros que têm jogadores envolvidos na próxima Data Fifa. A princípio, a entidade pensava em seguir o padrão adotado na última janela de jogos das seleções, porém isso resultaria em um adiamento do término do Campeonato Brasileiro.

Brasileirão não irá ser adiado | Foto: CBF / Divulgação 

A Fenapaf (Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol) reforçou a necessidade de cumprir acordo feito entre jogadores e Ministério Público do Trabalho para que as férias começassem ainda na primeira quinzena de dezembro. A ideia da CBF era estender os torneios até o dia 29 de dezembro.

Consultados sobre o tema, jogadores de 19 clubes da Série A (excetuando-se os do Flamengo) foram ao encontro do que diz a Fenapaf. Os atletas alegam que precisam de um período mínimo de descanso, uma vez que as temporadas 2020 e 2021 foram emendadas

A decisão da CBF afeta diretamente Flamengo, Atlético-MG, Palmeiras, São Paulo, Internacional e Grêmio, que comumente cedem atletas para as disputas das Eliminatórias. 

Vice-presidente de futebol do clube rubro-negro, Marcos Braz, ironizou a decisão da entidade e colocou em suas redes sociais a fala de Juninho Paulista sobre a promessa de pausa do Brasileirão.

O calendário do futebol brasileiro é alvo recorrente de reclamações. O excesso de competições impede que as pausas para a realização de jogos das seleções sejam respeitadas. 2022 é ano de Copa do Mundo. 

Dessa vez, o torneio será disputado entre novembro e dezembro, o que causará novo impacto no calendário e gera, novamente, diversas discussões sobre como e quando alocar as competições nacionais.

Dirigentes querem evitar que, na próxima temporada, a conclusão da Copa do Brasil e do Brasileirão coincidam com o período de cessão dos atletas para a disputa do Mundial no Catar.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir