Cidadeverde.com
Geral

Fiocruz aponta as cidades que aumentaram e reduziram casos de Covid no Piauí

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

No Piauí, 158 municípios não apresentaram nenhum novo caso de Covid-19 nos últimos 15 dias. A informação faz parte de um levantamento feito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e é atualizada com dados da noite da sexta-feira (1º).
 
Por outro lado, dos 11 territórios de saúde piauienses, quatro voltaram a apresentar aumento nos números de casos novos, conforme apontou o estudo. 

São eles as regiões conhecidas como Entre Rios, Carnaubais, Vale dos Rios e Itaueiras e Vale do Sambito, que compreendem as proximidades de Teresina, Campo Maior, Floriano e Valença. 

Segundo o pesquisador do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da UFPI, Emídio Matos, os dados revelam um cenário positivo e outro negativo para o Piauí. Para ele, existe o aumento de incidência no centro do estado, enquanto as demais áreas estão em queda.
 
De acordo com o professor, chama atenção o fato de que os municípios mais populosos foram aqueles que registraram a maior concentração de novos casos.  “É ruim porque são cidades populosas, então, existe uma chance maior de aumentar a transmissibilidade”, avaliou. 

Emídio Matos ressaltou a importância da testagem da população para que seja viável o acompanhamento dos novos casos de coronavírus no estado, principalmente, neste momento em que o governo do estado avalia intensificar a reabertura de novos setores da economia. 

“Quanto mais se faz reabertura maior a necessidade para verificar se está impactando em casos novos. A recomendação que damos  ao Conselho de Operações Emergenciais é para que a reabertura seja planejada de forma que dê para observar se cada seguimento da retomada está impactando ou não em novos casos, para que a partir disso possa se avaliar novas etapas por seguimento”, frisou. 

Veja a lista com a taxa de incidência nos municípios

 

Flash Paula Sampaio
[email protected]

 

Imprimir