Cidadeverde.com
Política

Em ato, Ciro Gomes pede união da oposição contra Bolsonaro

Imprimir

Foto: Yala Sena/Cidadeverde.com 

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) discursou no ato contra o governo Jair Bolsonaro na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro, neste sábado (2).

Ciro disse que decidiu participar "de peito aberto" do protesto e defendeu união contra o presidente, apesar das "diferenças" existentes dentro da oposição ao governo.

Ele também criticou o quadro econômico atual e lembrou que há brasileiros obrigados a comer "restos de carne" em razão da fome.

Durante a sua fala, o pré-candidato foi alvo de aplausos, mas também ouviu vaias e gritos de grupos que demonstravam apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Após o discurso, Ciro afirmou à reportagem que é "preciso persistir em um esforço de organização" contra Bolsonaro.

O pedetista ainda disse que a chamada terceira via é uma expressão "extremamente preguiçosa" usada pela mídia. Para ele, o que está sendo discutido no Brasil é um "choque de personalidade ou de modelo". Ciro diz ser o único nome a estar preparado para discutir o modelo nas áreas política e econômica.

Fonte: Folhapress 

Imprimir