Cidadeverde.com
Política

Diretor da ANS afirma que soube do caso Prevent pela CPI

Imprimir

Foto:Edilson Rodrigues/Agência Senado

O diretor-presidente da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), Paulo Roberto Rebello Filho, afirmou que tomou conhecimento das denúncias contra a Prevent Senior através da CPI da Covid.

A fala provocou reação dos senadores da comissão, que apontaram omissão da agência, uma vez que o caso já era tratado pela imprensa desde o ano passado.

"A ANS teve conhecimento das graves acusações contidas no dossiê contra a Prevent Senior pela CPI do covid, e tais situações nunca foram denunciadas diretamente à agência, não aparecendo nos monitoramentos feitos periodicamente pela ANS. Então, no momento, a ANS está conduzindo as apurações de forma rigorosa e bastante cuidadosa, pois temos também que preservar a continuidade da assistência dos beneficiários que estão na operadora", afirmou.

O senador Otto Alencar (PSD-BA) então cobrou o diretor da agência, alegando que todos sabiam das denúncias envolvendo a Prevent Senior, que foram denunciadas diversas vezes pela mídia nos últimos meses.

"Não me convence que só tenha tomado conhecimento depois da CPI, porque blogs e jornais já denunciavam a Prevent Senior desde março", afirmou.

O vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a CPI detém informações que mostram que a ANS havia sido informada das irregularidades na operadora desde julho do ano passado.


Fonte:Folhapress

Imprimir