Cidadeverde.com
Últimas

Clemilton fala em buscar título Mundial com Resenha e levar nome do Piauí mais longe no Fut7

Imprimir

Fotos: Leonardo Benhossi

O Resenha FC retornou a solo piauiense após o vice-campeonato na Copa Liga Fut7, que aconteceu no final de semana em São Paulo. Estar na final garantiu vaga inédita no Mundial de Fut7, que acontece no mês de novembro, no Rio de Janeiro. A grande final foi diante o Grêmio e no tempo normal terminou no empate por 2 a 2 e depois disso veio a derrota nos pênaltis por 4 a 3. Com a vaga no Mundial garantida a partir de agora o time ‘vira a chave’ e começa a pensar nessa competição em que o objetivo é o título de campeão do mundo. 

“Fomos para São Paulo com esse objetivo primeiramente que é estar entre os melhores do mundo e a gente conseguiu levar o nome do Resenha e isso é um feito grande e a gente se orgulha, mas a gente também queria conquistar, ganhar e nos preparamos para isso e o gostinho de que estamos no caminho certo. A equipe já evoluiu muito taticamente e a gente fica tranquilo quanto a isso, pois essa é a parte mais difícil de encaixar e tanto é que fizemos bons jogos, mas é seguir evoluindo, pois, as equipes também estão estudando o Resenha”, frisou Clemilton Miranda, técnico do Resenha. 

Clemilton Miranda técnico do Resenha FC

O Fut7 é uma modalidade nova se comparada a muitas no Brasil e por ser uma mistura de futsal com futebol tradicional vem ganhando a cada dia que passa mais força no cenário nacional e internacional, e diferente do que muitos imaginam o estado do Piauí tem um peso nesse cenário e nos últimos cinco anos isso ficou mais evidente. 

Um dos passos foi ter uma entidade organizadora forte, caso da FF7 Piauí – Federação de Fut7 do Piauí que desde 2015 faz um trabalho sólido e é responsável pela The Liga, o Estadual da modalidade que hoje tem 15 equipes em uma competição longa e extremamente disputada. Porém as forças não se direcionam somente a categoria adulta e a base também têm atenção e se mostra promissora, no último final de semana enquanto o Resenha garantia vaga no Mundial, o estado do Piauí teve os primeiros campeões Brasileiro sub15 e o vice-campeão Brasileiro sub13 com o CAP – Clube Atlético Piauiense. 

Uma das principais figuras dentro desse cenário do fut7 no estado o técnico Clemilton frisa o peso que o nome do estado do Piauí tem fora e como o trabalho feitos nos últimos anos tem respaldo e é apontado como exemplo. 

“O Fut7 eu falo que é um futsal na dimensão maior, mas também tem uma mescla do futebol então é um esporte interessante e atrativo que todo mundo gosta, com bastante gols e tem os times de camisa também, né? E isso ajuda muito a popularizar, hoje quando a gente chega em uma competição nacional, quando o Resenha chega é um time com nome as pessoas querem ver, é respeitado, por mais que tenha Grêmio, Corinthians, Flamengo, mas quando o Resenha chega à quantidade de pessoas que querem assistir o Resenha é impressionante pela história que o time construiu e está construindo e tudo isso com o nome do Piauí”, afirmou.

O Resenha retorna aos treinos nesta quarta-feira (13) pensando os jogos da The Liga, competição em que é líder invicto. Porém paralelo a isso o time já começa os ajustes visando o Mundial, que será no mês de novembro, no Rio de Janeiro. 

 


Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir