Cidadeverde.com
Últimas

Teresina inicia vacinação de cães e gatos contra a raiva no dia 30 de outubro

Imprimir

Foto: Divulgação/FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou as datas da campanha de vacinação contra a raiva, destinada a cães e gatos de Teresina. A mobilização se inicia no próximo dia 30 de outubro (sábado), das 8h às 17h, em 136 postos das zonas Norte e Leste. Já no sábado seguinte, 06 de novembro, será a vez das zonas Sul e Sudeste.

A estratégia da vacinação é dividir a etapa urbana da campanha em dois dias por questões de logística. A zona rural, por sua vez, será contemplada ainda no mês de novembro, em datas a serem divulgadas posteriormente pela FMS.

A vacinação em Teresina acontece mais de um mês após os demais municípios do Piauí. A Secretaria de Estado da Saúde havia anunciado o dia D  para 25 de setembro e 02 de outubro, o que não ocorreu na capital.

O gerente de Zoonoses da FMS, Paulo Marques, ressalta a importância de que todos os animais sejam imunizados. “Convidamos todos os tutores de cães e gatos das zonas Norte e Leste para levar seus animais a um dos postos de vacinação e garantir a dose desses animais”, alerta o gestor. “A vacina é gratuita e é a única forma de prevenção contra a doença, que pode ser transmitida para humanos. Ou seja: protegendo o seu animal você também se protege”, reforça o gestor.

A raiva é uma doença viral prevenível que pode ser transmitida para humanos através de mordidas e arranhaduras de mamíferos já contaminados. A doença pode ser transmitida por animais silvestres como furões, raposas, coiotes, guaxinins, gambás e morcegos, mas a campanha contempla cães e gatos por serem animais de companhia que possuem maior convívio com os humanos. Paulo Marques garante a segurança da vacina, que é constituída por vírus atenuado, 2% de tecido nervoso e conservantes a base de fenol e timerosol.

Caso confirmado 

No início do mês, Teresina registrou o primeiro caso confirmado de raiva canina em 27 anos O animal contaminada foi diagnósticado no bairro Aroeiras, zona leste de Teresina. 

Por causa da situação, os cães e gatos das proximidades foram vacinados contra a raiva de forma emergencial, em um raio de cinco quilômetros de onde o animal contaminado vivia. 

 

 

Natanael Souza (Com informações da FMS)
[email protected] 

 

Imprimir