Cidadeverde.com
Geral

Jornalista Glenda Uchôa ganha prêmio Fapepi de jornalismo científico

Imprimir

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

A Rádio Cidade Verde conquistou o primeiro lugar no I Prêmio FAPEPI de Jornalismo Científico - 2021. Esse é o terceiro prêmio jornalístico que a rádio conquista ao longo dos anos. A jornalista Glenda Uchôa assinou a matéria vencedora.

"O prêmio era para destacar práticas de jornalismo científico. Em outubro é comemorado o Dia Estadual do coco babaçu e decidi explorar e falar um pouco sobre esse assunto, já que têm muitas pesquisas nessa área", explicou a jornalista sobre a ideia do tema. 

O coco babaçu é uma matéria prima muito abundante no Piauí. Atualmente, segundo levantamento feito por Glenda Uchôa, mais de 50 mil famílias trabalham de forma primária e dependem da palmeira do coco babaçu que acontece de forma nativa.

"Aproveitei essa vertente das pesquisas, que avançam e elevam o coco babaçu a outra categoria, para falar sobre o assunto. Por exemplo, tem uma pesquisa no IFPI que mostra a ligação do coco babaçu com a nanotecnologia; na UFPI há um estudo do babaçu e os efeitos dele na aplicabilidade de produtos fit, produtos para pessoas que desenvolvem alergia", descreveu Uchôa.

O resultado final do prêmio foi divulgado no final da tarde de segunda-feira (25/10). A matéria foi produzida por Glenda Uchôa e contou com a sonoplastia de Mauro Costa. 

"É uma satisfação muito grande [ter ganho esse prêmio] porque, nessa época, falar de jornalismo científico, falar de ciência, é muito importante. Mostrar o quanto a ciência realmente transforma realidades e o quanto a ciência tem transformado a sociedade", finalizou a jornalista da Rádio Cidade Verde.

 

Nataniel Lima
[email protected]

Imprimir