Cidadeverde.com
Política

Eduardo Leite visita Teresina nesta sexta em busca de apoio nas prévias do PSDB

Imprimir

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, estará em Teresina nesta sexta-feira (29) em busca de apoio dos tucanos piauienses para tentar vencer as prévias do partido. Leite enfrenta uma verdadeira "batalha" com o governador de São Paulo, João Dória, que também postula ser o candidato a presidente do Brasil pelo PSDB em 2022. As prévias tucanas estão marcadas para 21 de novembro. O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, também concorre na disputa interna do partido.

Eduardo Leite desembarca na capital do Piauí por volta das 15h e segue direto para o local do evento, no Jockey, zona Leste de Teresina. O tucano, que antes passa por Natal, deve permanecer em Teresina por duas horas. Em seguida ele embarca para a cidade de São Luís, no Maranhão, e termina a agenda do dia em Belém, no Pará.

Dória iniciou o cerco aos tucanos do Piauí antes de Leite. Na segunda-feira, dia 25, o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), Carlão Pignatari (PSDB), veio ao Piauí para reunir-se com o deputado estadual Marden Menezes em busco de apoio para Dória. 

Leite e Dória estão protagonizando um debate recheado de farpas. Em São Paulo no último domingo, o governador do Rio Grande do Sul criticou o concorrente por não aceitar participar de um debate e por lançar suspeitas sobre um aplicativo.

O aplicativo criticado por João Dória foi lançado pelo PSDB para as prévias e desenvolvido coincidentemente no Rio Grande do Sul. Os tucanos paulistas acreditam que o programa é vulnerável a fraudes.

Entenda as prévias do PSDB

As prévias vão acontecer no dia 21 de novembro. Caso tenha 2º turno, a votação será realizada em 28 de novembro. A escolha será por votação eletrônica em evento realizado em Brasília.

Podem votar todos aqueles que tenham se filiado ao PSDB até 31 de maio de 2021 e que tenha feito o cadastro no sistema eleitoral eletrônico oferecido pelo partido como forma de autenticação para votação.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir