Cidadeverde.com
Geral

Pai e filho estão entre mortos em atropelamento na BR 020; vítimas retornavam de romaria

Imprimir

Foto: redes sociais 

Atualizada às 12h15

Quatro pessoas morreram na noite desta segunda-feira (01) após serem atropeladas por um caminhão no acostamento da BR 020, em Santo Antônio de Lisboa, distante cerca de 280 Km ao sul de Teresina. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas eram três passageiros de um ônibus que tinha como destino o município de São João da Canabrava, além do motorista do veículo, que trocava um pneu no momento do atropelamento. 

O diretor da Unidade Básica Avançada de Saúde de São João da Canabrava, Fabiano Sousa, acompanha o caso e informou ao Cidadeverde.com que entre os mortos no atropelamento, estão pai e filho, identificados como Luís José de Brito Filho (72 anos) e Luís Jose de Brito Neto (36 anos), que era o motorista do veículo.

A terceira pessoa morta é uma mulher identificada como Isabel de Sousa Veloso Lopes (53 anos).

As três vítimas moram no município de São João da Canabrava e retornavam de uma romaria na cidade de Canindé, no Ceará. 

A quarta vítima que também morreu no atropelamento ainda não teve a identidade revelada. 

Uma criança de 7 anos e uma mulher de 33 anos tiveram lesões graves. Dois homens de 27 e 30 anos tiveram lesões leves.Os feridos foram atendidos pelo Samu e encaminhados para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos.

A assessoria do hospital relatou que o estado de saúde de todos os feridos encaminhados ao local é estável. 

Em relação aos pacientes que chegaram em estado grave, o hospital informou que mulher de 33 anos passou por cirurgia e aguarda transferência para Teresina. Já a criança de sete anos deverá realizar uma cirurgia nesta terça-feira (02).

Nas redes sociais, a prefeitura de São João da Canabrava divulgou nota de pesar e decretou luto oficial de três dias na cidade. 

 

O acidente 

Segundo a PRF, o ônibus estava imobilizado com o pneu furado e em manutenção no acostamento da BR 020. As vítimas ajudavam o motorista iluminando o local através das lanternas dos celulares.

O motorista do caminhão não teria percebido a presença de pedestres na pista e os atropelou, fugindo do local após o ocorrido.

Foto: Divulgação/PRF

Os policiais constataram preliminarmente que a causa principal do acidente foi a presença de pedestres na pista e velocidade incompatível do caminhão.

A perícia técnica também foi acionada para determinar as causas do acidente. 

A PRF relatou ainda que o ônibus que realizava o transporte dos passageiros estava irregular e que segue com investigações para localizar o motorista do caminhão que atropelou as vítimas. 

 


Natanael Souza e Rebeca Lima 
[email protected] 

Imprimir