Cidadeverde.com
Política

Carlos Augusto diz que filiação de Bolsonaro não muda estratégia do PL no Piauí

Imprimir

 


O deputado estadual Carlos Augusto (PL) afirmou nesta quarta-feira (10) que a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL não muda a estratégia do partido no Piauí. Segundo ele, a sigla não sofrerá baixas e deve continuar na base do governador Wellington Dias (PT) para a disputa eleitoral de 2022.  

Apesar de demonstrar confiança na estratégia, o parlamentar confirma que a conjuntura teve repercussão interna. 

“Não deixa de, momentaneamente, abalar essa estratégia, mas estamos trabalhando de forma unida dentro do PL, tanto na chapa de deputado estadual, quanto na de federal, com boas perspectivas de eleger quatro deputados estaduais e dois deputados federais, o que não é fácil. Temos nos organizado pra isso nesses últimos dois anos”, disse o deputado estadual. 

Além de Carlos Augusto, o PL tem ainda outros dois deputados estaduais, Dr. Hélio Oliveira e Fábio Xavier; além dos deputados federais Fábio Abreu e Marina Santos. 

O partido conta ainda com nomes como o do ex-deputado Mainha, que deve disputar uma vaga na Câmara Federal em 2022. 


Natanael Souza 
[email protected]

Imprimir