Cidadeverde.com
Últimas

Adolescentes desaparecem em Teresina e famílias pedem ajuda para encontrá-los

Imprimir

Fotos enviada ao Cidadeverde.com


Luian Oliveira à esquerda e Anael Natan à direita 

Dois adolescentes, identificados como Luian Ribeiro de Oliveira (16 anos) e Anael Natan Colins (17 anos), estão desparecidos desde a madrugada de sábado (13), após participarem de uma festa em um sítio próximo à Ladeira do Uruguai, zona Leste de Teresina. Os familiares iniciaram uma campanha nas redes sociais e buscam por informações a respeito do paradeiro dos dois. 

Ao Cidadeverde.com, a mãe de Anael Natan, Gilmara Sousa, disse que o filho e o amigo saíram de casa, no bairro Vale Quem Tem, zona Leste de Teresina, para o aniversário de uma amiga no bairro. 

"Por volta das 11h30 da noite eles saíram da festa de aniversário e foram para o Posto Mais, na avenida Dom Severino. Lá, eles ficaram até as 2h da manhã de sábado, e de lá foram para esse sítio na Ladeira do Uruguai. A última postagem dele foi no sábado, às 3h da manhã", destacou a mãe de Anael Natan. 

Gilmara Sousa alegou ainda que o filho é um rapaz de bem e que não tem envolvimento com o mundo do crime. Segundo Gilmara, o filho consome bebida alcoólica, mas faz uso moderado aos finais de semana. 

"Ele está terminando o ensino médio. Inclusive, hoje é aniversário do colega dele, o Luian. Está fazendo 16 anos hoje. 

Segundo apurou o Cidadeverde.com, a moto que os dois estavam usando no dia do desaparecimento foi encontrada no sítio na Ladeira Uruguai, último lugar onde os dois foram vistos. 

Luian Oliveira usava uma camisa com estampa cinza, uma corrente no pescoço, boné preto e um brinco na orelha quando desapareceu. 

Já Anael Natan estava usando uma corrente prata no pescoço, uma camisa cinza camuflada, um relógio smart watch e óculos quando desapareceu. 

A família pede que aquele que tiver qualquer informação sobre o paradeiro dos adolescentes entre em contato através dos seguintes telefones: 86 98102 6624 / 994786609 / 988129849 ou através do Disque Denúncia 181 para pessoas desaparecidas. 

O Cidadeverde.com tentou contato com a delegacia de desaparecidos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas não obteve sucesso. 

 

 

Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir