Cidadeverde.com
Política

Professores vão procurar senadores para “virar votos” na PEC dos Precatórios

Imprimir

Foto: Montagem/ Cidade Verde 

Membros do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Piauí (Sinte-PI) vão procurar senadores piauienses, a fim de “virar votos” contra a PEC dos Precatórios, que tramita no Congresso. A informação foi confirmada pelo secretário de formação do grupo, Josivaldo Martins. 

“O Sindicato e a Confederação do Movimento Sindical  da Educação estamos fazendo mobilização nas redes sociais, estamos em contato direto também com os senadores em cada estado, no sentido de os fazerem perceber que essa PEC é prejudicial como um todo”, informou.

Segundo Josivaldo Martins, a medida tem sido chamada entre professores de “PEC do Calote”. A proposta permite o adiamento de dívidas do governo federal relacionadas ao Fundef e já reconhecidas pela Justiça para viabilizar o pagamento do Auxílio Brasil de R$ 400 mensais, benefício instituído pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido), exclusivamente, para o ano de 2022. 

“O Governo cria diversos mecanismos como se fosse uma boa oferta para os trabalhadores, quando, no fundo, a gente tem aí é uma série de prejuízos”, pontou  Josivaldo Martins.

Em votação na Câmara Federal , a maior parte dos votos da bancada do Piauí foi a favor da PEC dos Precatórios. No Senado, essa tendência deverá se repetir. 

No Congresso, o Piauí conta com três senadores Elmano Ferrer (Progressistas) e Eliane Nogueira (Progressistas), aliados do presidente Jair Bolsonaro e que deverão votar favoráveis a proposta e Marcelo Castro (MDB), que já se manifestou contrário a aprovação da proposta. 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir