Cidadeverde.com
Geral

Fiação elétrica de escola é furtada e candidatos do Enem são remanejados para não perderem prova

Imprimir

Foto: Najla Fernandes 

A fiação elétrica da Escola Caluzinha Freire, no bairro Satélite em Teresina, foi furtada na noite deste sábado (20/11). Por conta do ocorrido, os candidatos do Enem 2021 que realizariam as provas no local, precisaram ser remanejados de forma emergencial para realizar o Exame Nacional. 

A diretora da Unidade de Mediação Tecnológica da Seduc-PI, Viviane Carvalhedo, informou que os candidatos foram remanejados para a Escola Municipal Lea Leal, também no bairro Satélite. Apesar de ser próxima da Escola Caluzinha Freire, a Seduc-PI disponibilizou vans e ônibus escolares para o transporte dos candidatos. 

"Uma equipe da Seduc organizou e levou toda a estrutura para aplicação da prova para a nova escola. Transportes escolares estão sendo utilizados neste momento para que os estudantes desse local de aplicação possam ser levados até a escola Lea Leal", explicou Viviane Carvalhedo. 

Foto: Najla Fernandes 

FURTO DE FIAÇÃO ELÉTRICA

A fiação elétrica da Escola Caluzinha Freire foi furtada na noite de sábado (20). Bandidos invadiram a escola e furtaram toda a fiação. Uma equipe da Equatorial chegou a ir até a unidade escolar para reparar os danos para que os candidatos pudessem realizar o exame. 

Contudo, por uma decisão da Seduc em parceria com o Inep, o remanejamento dos alunos foi a opção escolhida. 

"Resolvemos fazer esse remanejamento para que nós tivéssemos mais segurança na aplicação e tranquilidade da prova. O Inep disponibilizou e organizou essa outra esocla", completou a diretora da Unidade de Mediação Tecnológica da Seduc-PI, Viviane Carvalhedo. 

Em nota, a Equatorial Piauí, responsável pelo fornecimento de energia, informou que a empresa está prestando apoio à equipe local de eletricistas da escola para normalização no fornecimento de energia. 

Confira nota na íntegra

Nota de esclarecimento - Equatorial Piauí

A Equatorial Piauí informa que foi acionada na manhã de hoje (21), pela coordenação da Escola Estadual Caluzinha Freire, no bairro Satélite, em Teresina, sobre possível ocorrência de falta de energia identificada na escola. Equipes especializadas foram enviadas e constataram problema  na rede interna da unidade, causado por roubo de fiação interna até o quadro de distribuição da escola, além de danos no ramal subterrâneo do local. Proativamente, a Equatorial Piauí está prestando apoio à equipe local de eletricistas da escola para normalização no fornecimento de energia.

A distribuidora informa que segue trabalhando durante a realização do ENEM, contando com um Plano Operacional para os dias de aplicação de provas. Foram mobilizadas 176 equipes de campo e mais de 500 profissionais, empenhados em proporcionar rapidez na atuação em possíveis casos registrados durante os dois domingos.

Foto: Najla Fernandes

73 MIL CANDIDATOS NO PIAUÍ 
 
Neste domingo (21) inicia a primeira etapa de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio -Enem 2021. Os inscritos responderão às provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias, além da língua estrangeira (inglês ou espanhol). 

No Piauí, 73 mil 155 pessoas estão aptas para fazer o Enem. Os portões de acesso aos locais de prova, que são em 400 em todo Estado, serão abertos às 12h e fechados às 13h. A aplicação começará às 13h30 (horário de Brasília). Além da modalidade impressa, a prova digital do exame também será aplicada neste domingo. 


Nataniel Lima e Najla Fernandes 
[email protected]

Imprimir